Marcelo ia à Madeira entregar prémio a Jardim mas bateu com o nariz na porta

Alberto João Jardim deveria ter recebido das mãos de Marcelo Rebelo de Sousa o Prémio Emanuel Rodrigues, mas a cerimónia foi adiada porque o ex-presidente do Governo da Madeira está de férias.

Marcelo ia à Madeira entregar prémio a Jardim mas bateu com o nariz na porta

Alberto João Jardim deveria ter recebido das mãos de Marcelo Rebelo de Sousa o Prémio Emanuel Rodrigues, mas a cerimónia foi adiada porque o ex-presidente do Governo da Madeira está de férias.

De férias. É por esta razão que Alberto João Jardim não recebeu nesta segunda-feira, 19 de julho, como estava previsto, o prémio Emanuel Rodrigues das mãos de Marcelo Rebelo de Sousa. O Presidente da República, que está por estes dias na Madeira para celebrar 45 anos do parlamento regional, deveria entregar a distinção ao ex-presidente do Governo Regional, mas este manifestou-se indisponível.

A iniciativa, adiantou o parlamento da Madeira, foi adiada para uma data ainda por anunciar. Será, então, o atual presidente, José Manuel Rodrigues, a entregar a distinção a Alberto João Jardim. O prémio Emanuel Rodrigues “tem como objetivo distinguir cidadãos e/ou instituições que tenham efetuado trabalhos no âmbito académico, literário, histórico, científico, artístico ou jornalístico, que relevem a importância da Autonomia e da identidade regional” e um valor monetário de 5 mil euros. Alberto João Jardim já fez saber que o mesmo será entregue a uma instituição de solidariedade social. O júri elegeu o grupo Dançando com a Diferença.

Texto: Ana Filipe Silveira

LEIA AGORA
Mulher que atraiu Mota Jr para a morte também vai ser acusada de crime qualificado
Mulher que atraiu Mota Jr para a morte também vai ser acusada de crime qualificado
O Ministério Público recorreu e Catarina passa a responder pelo assassinato do rapper Mota Jr, de 28 anos, em coautoria com João Luizo, Édi Barreiros e Fábio Martins. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS