Marcelo deixa mensagem sobre aprofundamento da democracia e direitos humanos

O Presidente português divulgou uma mensagem após encontrar-se em Bissau com os líderes do PAIGC, Madem-G15 e PRS, afirmando ter “sublinhado a relevância do aprofundamento da democracia”.

Marcelo deixa mensagem sobre aprofundamento da democracia e direitos humanos

Marcelo deixa mensagem sobre aprofundamento da democracia e direitos humanos

O Presidente português divulgou uma mensagem após encontrar-se em Bissau com os líderes do PAIGC, Madem-G15 e PRS, afirmando ter “sublinhado a relevância do aprofundamento da democracia”.

Bissau, 18 mai 2021 (Lusa) – O Presidente português divulgou hoje uma mensagem após encontrar-se em Bissau com os líderes dos partidos guineenses PAIGC, Madem-G15 e PRS, afirmando ter “sublinhado a relevância do aprofundamento da democracia” e “respeito pelos direitos humanos”.

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu os líderes do Movimento para a Alternância Democrática (Madem-G15), Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) e Partido da Renovação Social (PRS) hoje à tarde, na residência do embaixador de Portugal em Bissau. Estas reuniões não constavam do programa da sua visita oficial à Guiné-Bissau.

Numa nota divulgada no sítio oficial da Presidência da República na Internet, destaca-se que o chefe de Estado se reuniu com o líder do PAIGC, Domingos Simões Pereira, “tendo salientado a importância da relação fraterna e amiga dos dois países e dos dois povos, que vai bem além da conjuntura de cada momento e perdura para além das contingências do dia a dia”.

Segundo a nota da Presidência da República, nessa ocasião Marcelo Rebelo de Sousa também sublinhou “a relevância do aprofundamento da democracia, respeito pelos direitos humanos, liberdades fundamentais e do Estado de direito, no quadro do desenvolvimento social e económico em benefício do bem estar das populações”.

“O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, imediatamente antes, separadamente, delegações do Madem-G15 e do PRS, dois partidos políticos que suportam o atual Governo guineense, com quem discutiu igualmente as relações bilaterais e outros assuntos de interesse mútuo”, lê-se na mesma nota.

Marcelo Rebelo de Sousa nunca tinha estado na Guiné-Bissau como Presidente da República. Chegou na segunda-feira à noite para uma visita oficial que termina hoje ao fim do dia – a primeira de um chefe de Estado desde 1989.

IEL // SF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS