Marcelo defende trabalho conjunto pelo multilateralismo e direitos humanos

Marcelo defende trabalho conjunto pelo multilateralismo e direitos humanos

China e Portugal podem trabalhar em conjunto pela valorização do direito internacional, desde logo na ONU, pelo multilateralismo e pelos direitos humanos,defendeu o presidente português

Lisboa, 04 dez (Lusa) – O Presidente português defendeu hoje que China e Portugal podem trabalhar em conjunto pela valorização do direito internacional, desde logo, nas Nações Unidas, pelo multilateralismo e pelos direitos humanos.

Marcelo Rebelo de Sousa falava na Sala das Bicas do Palácio de Belém, após um encontro com o Presidente da República Popular da China, Xi Jinping, que iniciou hoje uma visita de Estado a Portugal, concentrada em Lisboa, que termina na quarta-feira.

O chefe de Estado referiu que os dois países estão “longe em termos geográficos” e têm “aliados muito diferentes”, mas defendeu: “Isso não nos impede de trabalharmos em conjunto para a valorização do papel do direto internacional, das organizações internacionais, a começar nas Nações Unidas”.

“Nem de defender o multilateralismo, os direitos humanos, a resolução pacífica dos conflitos. Nem de apoiarmos o livre comércio e as pontes de entendimento entre Estados e povos. E estarmos em permanência atentos ao ambiente e às alterações climáticas”, acrescentou.

IEL // JPS

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Marcelo defende trabalho conjunto pelo multilateralismo e direitos humanos

China e Portugal podem trabalhar em conjunto pela valorização do direito internacional, desde logo na ONU, pelo multilateralismo e pelos direitos humanos,defendeu o presidente português