Manuel Pizarro candidato a terceiro mandato na liderança do PS/Porto

O eurodeputado Manuel Pizarro vai recandidatar-se à liderança da Federação Distrital do PS/Porto e a um terceiro mandato à frente daquela estrutura partidária, revelou à Lusa a candidatura do também vereador da autarquia portuense.

Manuel Pizarro candidato a terceiro mandato na liderança do PS/Porto

Manuel Pizarro candidato a terceiro mandato na liderança do PS/Porto

O eurodeputado Manuel Pizarro vai recandidatar-se à liderança da Federação Distrital do PS/Porto e a um terceiro mandato à frente daquela estrutura partidária, revelou à Lusa a candidatura do também vereador da autarquia portuense.

Nesta candidatura às eleições de março, que vai apresentar no sábado, o atual líder federativo conta com o apoio de 15 dos 18 presidentes das concelhias do distrito do Porto, acrescentou fonte partidária.

Numa nota de imprensa, a candidatura destaca que Pizarro cumpriu “integralmente os programas com os quais foi eleito” como presidente do PS/Porto, nomeadamente conquistando mais câmaras para os socialistas nas eleições autárquicas, mantendo a representação do distrito no Parlamento Europeu e aumentando a representação na Assembleia da República após as legislativas de 2019.

“Nas [eleições] Europeias assegurou que o distrito mantinha a representação de dois deputados no Parlamento Europeu e, nas legislativas, somou mais três deputados ao resultado obtido em 2015, garantindo assim a eleição de 17 deputados”, refere a nota de imprensa.

Agora a terminar o segundo mandato como presidente da Federação Distrital do PS/Porto, após as eleições federativas de 2016 e 2018, Pizarro “garantiu que o distrito ficou pintado a rosa, ao conquistar para o PS 11 das 18 câmaras municipais e ao tornar-se no partido maioritário nas juntas de freguesia”, assinala a candidatura.

“Com isso, o socialista recuperou para o PS, ao fim de 20 anos, a liderança da Área Metropolitana do Porto”, acrescenta.

A candidatura de Pizarro refere ainda que o socialista conta com o apoio dos presidentes das concelhias de Amarante, Felgueiras, Gondomar, Lousada, Maia, Marco de Canaveses, Matosinhos, Paços de Ferreira, Penafiel, Porto, Póvoa de Varzim, Santo Tirso, Trofa, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia.

“Continuar unidos pelas vitórias do PS” é o lema da candidatura.

Na reunião da Comissão Nacional do PS realizada em janeiro no Porto, ficou decidido que as eleições das várias federações do partido se realizariam entre 13 e 14 de março, seguindo-se, a 04 e 05 de abril, os congressos federativos.

Pizarro foi reeleito para o segundo mandato na liderança do PS/Porto em março de 2018, com 96,6% dos votos.

Foi a segunda vez consecutiva em que Pizarro foi candidato único à Federação do PS/Porto, algo “inédito na história desta estrutura distrital”, segundo destacou o próprio na ocasião, em declarações à Lusa.

Pizarro obteve 3.979 dos votos numa eleição em que participaram 4.118 socialistas do distrito do Porto, onde estão registados 8.291 militantes, segundo os resultados oficiais, indicou fonte oficial do PS/Porto.

Desta vez, Pizarro conta com a oposição do presidente da Câmara de Valongo, José Manuel Ribeiro, que anunciou a candidatura em novembro.

Pizarro é vereador do PS na Câmara do Porto desde 2013 e foi eleito eurodeputado nas eleições de maio de 2019.

De acordo com os estatutos do partido, os presidentes de federação podem cumprir até quatro mandatos.

Manuel Pizarro apresenta a recandidatura à liderança da Federação Distrital do Porto no sábado, às 15:30, no Auditório da Biblioteca Almeida Garrett, no Palácio de Cristal, Porto.

ACG // MSP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS