Manifestações são forma de dizer ao PS que só melhores salários vencem crise – BE

O BE considerou que as manifestações como a de hoje da CGTP-IN são a maneira de, em contexto de maioria absoluta, dizer ao PS que só melhores salários e pensões fazem face à crise.

Manifestações são forma de dizer ao PS que só melhores salários vencem crise - BE

Manifestações são forma de dizer ao PS que só melhores salários vencem crise – BE

O BE considerou que as manifestações como a de hoje da CGTP-IN são a maneira de, em contexto de maioria absoluta, dizer ao PS que só melhores salários e pensões fazem face à crise.

“Espero que mobilizações como esta se multipliquem”, sustentou a deputada bloquista Mariana Mortágua aos jornalistas, minutos antes do arranque da manifestação da Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses – Intersindical Nacional (CGTP-IN), em Lisboa, em reivindicação de melhores salários e pensões.

Mariana Mortágua criticou a ideia propagada pelo ministro das Finanças, Fernando Medina, de que as pessoas “têm de empobrecer” e que “isso é uma inevitabilidade” para superar a crise socioeconómica decorrente do aumento da inflação.

E fez um paralelismo com o Governo do social-democrata Pedro Passos Coelho: “Era uma mentira na altura da troika e continua a sê-lo hoje.”

A dirigente do BE acrescentou que as “pessoas têm direito a um salário digno”, sem perderem “poder de compra a cada dia que passa”.

Em contexto de maioria absoluta do PS, que acabo por coartar a ação da oposição no parlamento, as manifestações são uma maneira de dizer ao executivo de António Costa que a alternativa ao empobrecimento “é atualizar salários e pensões à inflação e respeitar a lei das pensões”.

A manifestação da GCTP, que se realiza em simultâneo em Lisboa e no Porto, começou pouco depois das 15:30 a partir do Cais do Sodré.

AFE // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS