Governo proíbe telemóveis em reuniões para evitar fugas de informação

O Governo da Malásia emitiu uma diretiva que proíbe ministros e funcionários governamentais de entrarem com telemóveis, e outros dispositivos tecnológicos, em reuniões importantes de forma a evitar fugas de informação, noticiou hoje a imprensa local.

Governo proíbe telemóveis em reuniões para evitar fugas de informação

Governo proíbe telemóveis em reuniões para evitar fugas de informação

O Governo da Malásia emitiu uma diretiva que proíbe ministros e funcionários governamentais de entrarem com telemóveis, e outros dispositivos tecnológicos, em reuniões importantes de forma a evitar fugas de informação, noticiou hoje a imprensa local.

O Governo da Malásia emitiu uma diretiva que proíbe ministros e funcionários governamentais de entrarem com telemóveis, e outros dispositivos tecnológicos, em reuniões importantes de forma a evitar fugas de informação, noticiou hoje a imprensa local. De acordo com o jornal malaio The Star, o decreto veta ainda o uso de relógios inteligentes, câmaras ou gravadores de voz em comités de segurança nacional, em comités sobre o Orçamento de Estado e em reuniões de relações internacionais.

“Esta norma tornou-se numa necessidade porque o uso descontrolado desses dispositivos por agências do governo pode ter uma implicação e compromisso de segurança negativa”, disse o Director Geral da Segurança Nacional, Sanusi Sidek.

“As medidas serão tomadas contra qualquer membro que não cumprir com a directiva”, com penas de até sete anos de prisão, acrescentou.

LEIA MAIS

Festas de Lisboa condicionam trânsito quarta e quinta-feira

Previsão do tempo para domingo, 9 de junho

 

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS