Mais de 55 mil detidos em sete meses de “guerra” contra crime organizado em El Salvador

Mais de 55 mil suspeitos de serem membros de grupos criminosos foram detidos em El Salvador, desde o final de março, quando o Governo salvadorenho deu início a “uma guerra” contra estes bandos, disseram as autoridades.

Mais de 55 mil detidos em sete meses de

Mais de 55 mil detidos em sete meses de “guerra” contra crime organizado em El Salvador

Mais de 55 mil suspeitos de serem membros de grupos criminosos foram detidos em El Salvador, desde o final de março, quando o Governo salvadorenho deu início a “uma guerra” contra estes bandos, disseram as autoridades.

Estas detenções somam-se às 16 mil já efetuadas antes do estado de exceção, cujo sétimo prolongamento, a pedido do governo, foi decretado na sexta-feira à noite, depois da votação favorável do Congresso salvadorenho.

O estado de emergência foi introduzido no final de março, na sequência de uma onda de 87 homicídios atribuídos aos denominados “maras”. A medida permite detenções sem um mandado, o que suscitou críticas de organizações de defesa dos direitos humanos.

“Esta guerra [contra o crime organizado] está a ser ganha e vamos continuar a destacar milhares de polícias e soldados todos os dias para prender estes terroristas”, disse o ministro da Justiça e Segurança salvadorenho, Gustavo Villatoro, aos deputados antes da votação sobre o prolongamento do estado de emergência.

“Vamos continuar os nossos esforços até que o último ‘gangster’ esteja atrás das grades”, frisou o ministro da Defesa, René Francis Merino.

Desde o início da “guerra” contra estes grupos criminosos, especialmente a Mara Salvatrucha (MS-13) e o Barrio 18, a polícia e os militares apreenderam já 1.644 armas de fogo, 2.026 veículos, 12.842 telemóveis e 1,2 milhões de dólares, acrescentou Villatoro.

Para responder ao elevado número de detidos, a administração prisional está a construir uma enorme cadeia para 40 mil suspeitos de crimes em Tecoluca, uma zona rural no centro do país.

O centro de detenção deverá estar pronto até final do ano, de acordo com as autoridades.

EJ // EJ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS