Mais de 100 mil carteiros cumprem primeiro dia de greve no Reino Unido

Mais de 100 mil carteiros da empresa de correios britânicos Royal Mail cumpriram hoje o primeiro dia de greve para exigir aumentos salariais devido à inflação no Reino Unido.

Mais de 100 mil carteiros cumprem primeiro dia de greve no Reino Unido

Mais de 100 mil carteiros cumprem primeiro dia de greve no Reino Unido

Mais de 100 mil carteiros da empresa de correios britânicos Royal Mail cumpriram hoje o primeiro dia de greve para exigir aumentos salariais devido à inflação no Reino Unido.

Esta é a primeira de quatro paralisações planeadas pelos quadros da antiga empresa estatal, privatizada em 2015, voltando a suspender a sua atividade na próxima quarta-feira e nos dias 08 e 09 de setembro.

Durante esses dias, o correio convencional não vai ser entregue e algumas entregas de encomendas vão sofrer atrasos, disse a Royal Mail, que garantiu que vai continuar a entregar receitas médicas e a cumprir envios especiais.

“Os carteiros estão a ser levados ao limite”, disse o secretário-geral do sindicato dos trabalhadores de comunicações, Dave Ward.

Segundo Dave Ward, após três meses de discussões com a empresa, o sindicato rejeitou um aumento salarial de cerca de 5,5%, argumentando que a inflação ultrapassou os 10% em julho.

JML // NS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS