Maduro quer mais investimentos turcos e quer Venezuela como porta para a América Latina e Caraíbas

O Presidente Nicolás Maduro pediu hoje aos empresários turcos que investam na Venezuela, um país que, disse, pode ser a porta de entrada de produtos, investimentos e turismo da Turquia na América Latina e Caraíbas.

Maduro quer mais investimentos turcos e quer Venezuela como porta para a América Latina e Caraíbas

Maduro quer mais investimentos turcos e quer Venezuela como porta para a América Latina e Caraíbas

O Presidente Nicolás Maduro pediu hoje aos empresários turcos que investam na Venezuela, um país que, disse, pode ser a porta de entrada de produtos, investimentos e turismo da Turquia na América Latina e Caraíbas.

“A Venezuela é a melhor garantia que podem ter os empresários turcos para investimentos na América Latina e Caraíbas (…) a Venezuela pode ser o porto de chegada de todos os produtos, da grande indústria e produção da Turquia para a América Latina e Caraíbas”, disse Nicolás Maduro.

O Presidente da Venezuela falava em Ancara (capital da Turquia), onde hoje assinou vários acordos de cooperação bilateral em turismo, finanças e agricultura, no âmbito de um encontro com o seu homólogo russo Recep Tayyip Erdogan.

“Chegou a hora, e já o disse ao Presidente (Erdogan) e aos investidores. Chegou o momento de os investidores turcos na Venezuela, no turismo, mineração, indústria, logística, bancos, petróleo, gás, ouro e carvão”, disse o governante.

Nicolás Maduro sublinhou ainda que “chegou o momento de os investimentos turcos irem para a Venezuela (…) estão dadas todas as garantias legais, jurídicas, políticas, económicas. Todas as garantias para um processo de expansão nas relações entre os dois países”.

O Presidente da Venezuela explicou que todos os dias há voos entre Istambul e Caracas e que os turistas preferem viajar pela Turquia para a Ásia, Europa, África e outros destinos.

“Temos um amplo mapa de cooperação, mais de 54 acordos e todos eles estão a desenvolver-se rapidamente. A Venezuela ergueu-se das cinzas como a fenix e o povo da Turquia e o Presidente (Erdogan) podem ter a certeza de que tem amigos leais, firmes, laboriosos e seguros na Venezuela”, frisou Maduro.

O Presidente da Venezuela agradeceu ainda à Turquia pela solidariedade “nos momentos difíceis, de maior incerteza da pandemia” de covid-19, “em todos os processos necessários na saúde”.

Maduro explicou ainda que a visita à Turquia foi um sucesso e destacou o “caráter exemplar da amizade” entre ambos países.

Segundo o governante, a Venezuela está em processo de recuperação económica, política e social, após uma “avalanche de sanções, ameaças e tentativas” para o assassinar.

Por outro lado, o Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, anunciou que visitará Caracas em julho e que espera quintuplicar a curto prazo os investimentos turcos na Venezuela.

“Tivemos 150 milhões de dólares (quase 140 milhões de euros) em investimentos em 2019. Em 2020 duplicamos este volume de comércio e triplicámos esse valor chegando a 850 milhões de dólares (793 milhões de euros)”, disse numa declaração conjunta transmitida pela televisão estatal venezuelana.

Erdogan frisou ainda que prevê “terminar este ano com 1.000 milhões de dólares (933 milhões de euros) e o objetivo é chegar aos 5.000 milhões de dólares (4,66 mil milhões de euros) a curto prazo”.

FPG // PJA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS