Lula da Silva reafirma que se vencer Bolsonaro não tentará a reeleição

O antigo presidente brasileiro Lula da Silva afirmou numa mensagem nas redes sociais que se vencer o atual Presidente, Jair Bolsonaro, nas eleições que definirão o próximo governante do Brasil, não tentará um quarto mandato.

Lula da Silva reafirma que se vencer Bolsonaro não tentará a reeleição

Lula da Silva reafirma que se vencer Bolsonaro não tentará a reeleição

O antigo presidente brasileiro Lula da Silva afirmou numa mensagem nas redes sociais que se vencer o atual Presidente, Jair Bolsonaro, nas eleições que definirão o próximo governante do Brasil, não tentará um quarto mandato.

O antigo presidente brasileiro Lula da Silva afirmou numa mensagem nas redes sociais que se vencer o atual Presidente, Jair Bolsonaro, nas eleições que definirão o próximo governante do Brasil, não tentará um quarto mandato. “Eu se eleito serei um Presidente de um mandato só. Os líderes se fazem trabalhando, no seu compromisso com a população”, escreveu Lula da Silva na rede social Twitter.

O ex-presidente já havia declarado em julho que, se vencesse as eleições deste ano, preferia entregar a liderança do seu Governo “a gente nova” em 2026 e não assumir o seu mandato “pensando em reeleição”. O candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) que lidera uma frente progressista formada por 11 partidos de esquerda já governou o Brasil por dois mandatos (entre 2003 e 2010).

Segunda volta decorre este domingo

Neste ano, Luiz Inácio Lula da Silva tenta novamente voltar ao poder no país sul-americano numa disputa contra Bolsonaro e, segundo as mais recentes sondagens, permanece cerca de cinco pontos percentuais à frente do atual mandatário, que tenta a reeleição.

Lula da Silva venceu a primeira volta das presidenciais com 48,4% dos votos face a 43,2% dos votos obtidos por Jair Bolsonaro. O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, aparece num vídeo publicado hoje pela campanha de Lula da Silva anunciando o seu apoio pessoal ao candidato do PT.

A segunda volta das eleições presidenciais brasileiras decorrem no próximo domingo.

 WhatsApp retoma funcionamento após duas horas de inatividade em todo o mundo

A aplicação de mensagens instantâneas WhatsApp já está a começar a retomar o funcionamento, após ter estado inativa durante duas horas em todo o mundo por motivos ainda desconhecido (…continue a ler aqui)

 

Impala Instagram


RELACIONADOS