Luanda acolhe 10.ª Cimeira da Organização dos Estados de África, Caraíbas e Pacífico

Luanda acolhe de 06 a 10 de dezembro próximo a 10.ª Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da Organização dos Estados de África, Caraíbas e Pacífico (OEACP) para abordar a solidificação da organização, foi hoje anunciado.

Luanda acolhe 10.ª Cimeira da Organização dos Estados de África, Caraíbas e Pacífico

Luanda acolhe 10.ª Cimeira da Organização dos Estados de África, Caraíbas e Pacífico

Luanda acolhe de 06 a 10 de dezembro próximo a 10.ª Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da Organização dos Estados de África, Caraíbas e Pacífico (OEACP) para abordar a solidificação da organização, foi hoje anunciado.

“Três Continentes, Três Oceanos, um Destino Comum: Construir uma Organização dos Estados de África, Caraíbas e Pacífico Resiliente e Sustentável” será o lema do encontro, em que Angola vai assumir a presidência da organização por um período de três anos.

Pelo menos 79 Estados-membros oriundos dos três continentes devem participar nesta cimeira, agendada para a capital angolana, que será a primeira a realizar-se depois da transformação do Grupo ACP em organização internacional, noticia a imprensa angolana.

O embaixador angolano Georges Rebelo Chikoti é o atual secretário-geral da Organização dos Estados de África, Caraíbas e Pacífico.

O ministro das Relações Exterior de Angola, Téte António, é o coordenador do grupo de trabalho, criado pelo Presidente angolano, João Lourenço, para a preparação, coordenação e organização das tarefas relacionadas com as responsabilidades de Angola no evento.

João Lourenço, no seu discurso sobre o Estado da Nação, em 15 de outubro, destacou a importância de o país acolher a 10.ª Cimeira da OEACP, considerando que o evento de “elevada importância” por Angola assumir a presidência rotativa da organização.

Esta presidência vai colocar o país “perante os holofotes internacionais”, considerou o Presidente, pedindo “um empenho coletivo” e a “colaboração dos mais variados estratos da sociedade” para que este evento internacional seja “uma festa de todos”.

DYAS // VM

Lusa/Fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS