Londres e Paris assinam acordo de segurança marítima para o Canal da Mancha

Os governos britânico e francês assinaram hoje um tratado de cooperação em segurança marítima em caso de ameaças, como ataques a navios que operam no Canal da Mancha.

Londres e Paris assinam acordo de segurança marítima para o Canal da Mancha

Londres e Paris assinam acordo de segurança marítima para o Canal da Mancha

Os governos britânico e francês assinaram hoje um tratado de cooperação em segurança marítima em caso de ameaças, como ataques a navios que operam no Canal da Mancha.

O Governo do Reino Unido explicou, em comunicado, que o pacto – negociado pelos ministros do Interior dos dois países e assinado hoje em Paris – vai permitir “partilhar informação”, organizar “melhores respostas rápidas”, coordenar eventos conjuntos e cooperar “de uma maneira mais eficiente”, em situação de ataque ou qualquer outro incidente.

As medidas acordadas vão dar mais competências aos organismos de segurança e emergência, além de facilitarem a colaboração entre os dois países.

O Governo britânico destaca que o tratado – que entrará em vigor quando for ratificado por ambos os Parlamentos – visa mitigar os efeitos de “um incidente de ameaça à segurança numa balsa ou navio de grande porte no Canal” e não se destina a “combater a imigração ilegal”, para a qual existem outros acordos.

Exemplo de situação em que este acordo pode ser importante, hoje, 88 migrantes foram resgatados ao largo de Boulogne-sur-Mer, no norte de França, quando tentavam chegar à Inglaterra em três embarcações.

Um barco de patrulha da Marinha britânica recuperou 11 dos náufragos e um rebocador fretado pela Marinha francesa recuperou 77 outros, tendo todos chegado a terra sãos e salvos, tendo sido acolhidos em Boulogne-sur-Mer.

A partir de Paris, onde se reuniu com vários representantes do Governo francês, o chefe da diplomacia britânica, Dominic Raab, declarou que, “como aliados próximos, é vital que o Reino Unido e a França trabalhem juntos para proteger os cidadãos”.

Raab e o ministro da Defesa britânico, Ben Wallace, debateram com os seus colegas franceses questões como a segurança na Europa, África e Médio Oriente, bem como as relações com a Rússia, China, Irão e Afeganistão.

Os ministros dos dois países também discutiram o tratado comercial pós-‘Brexit’, a luta contra a pandemia de covid-19 e a próxima cimeira do clima, que será realizada no Reino Unido em novembro.

RJP // PMC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS