Líder dos Trabalhistas diz que 2.º referendo sobre o Brexit só como opção para o futuro

Líder dos Trabalhistas diz que 2.º referendo sobre o Brexit só como opção para o futuro

O líder do Partido Trabalhista britânico, Jeremy Corbyn, disse hoje numa entrevista à Sky News que um segundo referendo sobre a saída da União Europeia é uma “opção para o futuro, mas não uma opção para agora”.

Corbyn afirmou que não sabia qual seria a pergunta de um eventual referendo agora e que não sabia como votaria num referendo sobre a saída do Reino Unido da UE se este se realizasse agora.

Na entrevista à Sky News, o líder dos Trabalhistas admitiu que não leu na totalidade o acordo do ‘Brexit’ alcançado pela primeira-ministra britânica, Theresa May, com a UE.

“Li muito” do documento, disse, adiantando que leu “muitos sumários e análises”.

Uma das razões que Corbyn alega para não apoiar o acordo de ‘Brexit’ de Theresa May é de que este é “vago” e não diz o suficiente sobre os direitos dos trabalhadores e as proteções ambientais.

Depois de o Governo britânico ter aprovado na quarta-feira o rascunho de acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia, tendo encontrado com a União Europeia uma solução para evitar o regresso de uma fronteira física entre a Irlanda e a Irlanda do Norte, a liderança da primeira-ministra britânica continua em perigo.

O ponto mais controverso do projeto de acordo diz respeito às disposições para impedir o regresso de uma fronteira física entre a região britânica da Irlanda do Norte e a vizinha República da Irlanda, membro da União Europeia.

Na quinta-feira, o presidente do Conselho Europeu anunciou, em Bruxelas, que prevê convocar uma cimeira extraordinária de líderes da União Europeia a 27 para dia 25 de novembro, para “finalizar e formalizar o acordo de ‘Brexit'” com o Reino Unido.

MC // FPA

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Líder dos Trabalhistas diz que 2.º referendo sobre o Brexit só como opção para o futuro

O líder do Partido Trabalhista britânico, Jeremy Corbyn, disse hoje numa entrevista à Sky News que um segundo referendo sobre a saída da União Europeia é uma “opção para o futuro, mas não uma opção para agora”.