Líder da UNITA desvaloriza eventual candidatura presidencial de Isabel dos Santos

O líder da UNITA disse hoje, em Luanda, que se Isabel dos Santos tiver as condições para se candidatar a Presidente da República, nas próximas eleições gerais angolanas de 2022, não é “nada de mais”.

Líder da UNITA desvaloriza eventual candidatura presidencial de Isabel dos Santos

Líder da UNITA desvaloriza eventual candidatura presidencial de Isabel dos Santos

O líder da UNITA disse hoje, em Luanda, que se Isabel dos Santos tiver as condições para se candidatar a Presidente da República, nas próximas eleições gerais angolanas de 2022, não é “nada de mais”.

“Penso que, sendo cidadã, se tiver as condições, nada a acrescentar, nada de mais”, disse Adalberto da Costa Júnior, à margem da cerimónia de cumprimentos de Ano Novo, instado pela agência Lusa a comentar a possibilidade admitida pela empresária angolana, Isabel dos Santos.

O presidente da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), maior partido da oposição, sublinhou que “não falta muito tempo” para a realização das eleições e não sabe das motivações de Isabel dos Santos, mas se a sua candidatura “obedecer às questões constitucionais, tranquilo”.

“São vários os cidadãos que podem manifestar essa vontade”, frisou o líder da UNITA, sem mais comentários.

A empresária angolana e filha do ex-Presidente José Eduardo dos Santos reiterou, quarta-feira, numa entrevista à RTP, que está a sofrer “perseguição política e pessoal” por parte da justiça, por indicação da liderança atual do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), partido no poder.

“Tenho um grande sentido de dever em relação a Angola. Eu farei tudo o que terei de fazer para defender e prestar os serviços à minha terra e ao meu país”, disse, admitindo que “é possível” candidatar-se a Presidente da República.

NME/RCR // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS