Eleitores em isolamento devido à covid-19 podem votar no dia 30

Os eleitores que se encontrem em isolamento devido à covid-19 podem sair de casa para votar dia 30 de janeiro, anunciou a ministra, adiantando que o Governo recomendará uma hora específica.

Eleitores em isolamento devido à covid-19 podem votar no dia 30

Eleitores em isolamento devido à covid-19 podem votar no dia 30

Os eleitores que se encontrem em isolamento devido à covid-19 podem sair de casa para votar dia 30 de janeiro, anunciou a ministra, adiantando que o Governo recomendará uma hora específica.

Os eleitores que se encontrem em isolamento devido à covid-19 podem sair de casa para votar no dia 30 de janeiro, anunciou hoje a ministra da Administração Interna, adiantando que o Governo recomendará uma hora específica. “O período mais adequado será, provavelmente, a última hora, entre as seis (da tarde) e as sete”, declarou Van Dunem.

Em caso de derrota Costa demite-se logo na noite das eleições

António Costa afirmou que em caso de derrota nas legislativas demite-se logo na noite eleitoral de secretário-geral do PS, enquanto Rui Rio recusou uma saída imediata se perder e admitiu manter-se na liderança do PSD. Estas posições foram assumidas no início de um debate transmitido pela RTP em direto a partir do Cineteatro Capitólio, em Lisboa, com representantes das nove forças políticas que elegeram deputados nas anteriores legislativas.

Questionado sobre possíveis soluções de governo, o secretário-geral do PS e primeiro-ministro voltou a apelar a uma maioria do seu partido, repetindo pela segunda ocasião neste período pré-eleitoral a expressão “maioria absoluta”, que já tinha utilizado à saída do seu frente a frente com Rui Rio, na quinta-feira. “Eu acho que é uma maioria absoluta aquilo que garante estabilidade durante quatro anos”, declarou António Costa, sustentando que sem isso há o risco de se “andar de crise em crise, em governos provisórios de dois anos”. Leia mais aqui

Impala Instagram


RELACIONADOS