Kavanaugh diz que Supremo Tribunal dos EUA

Kavanaugh diz que Supremo Tribunal dos EUA “não é instituição política ou partidária”

O juiz Brett Kavanaugh afirmou que o Supremo Tribunal dos EUA “não é uma instituição política ou partidária”, garantindo que vai ser “sempre um jogador de equipa numa equipa de nove”.

O Senado norte-americano ratificou no sábado a sua nomeação durante uma votação cerrada (50-48), que confirmou a candidatura do magistrado.

Na cerimónia de investidura na Casa Branca, Brett Kavanaugh, afirmou que todo o processo foi “contencioso e emocional”, mas garantiu que não tem “nenhuma amargura”.

O juiz, com o Presidente norte-americano, Donald Trump, a seu lado, disse ainda que os quatro funcionários que vão trabalhar para si no Supremo Tribunal são mulheres.

Kavanaugh foi acusado publicamente por três mulheres de abusos sexuais, entre elas Christine Blasey Ford, que há uma semana contou a sua versão numa audiência pública perante o Senado sobre factos que supostamente ocorreram durante uma festa em 1982.

Na sexta-feira, Kavanaugh, já tinha vencido uma primeira votação preliminar do Senado no processo de confirmação para juiz do Supremo Tribunal, com 51 votos contra 49.

Brett Kavanaugh foi empossado pelo juiz aposentado Anthony Kennedy.

AJO // SR

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Kavanaugh diz que Supremo Tribunal dos EUA “não é instituição política ou partidária”

O juiz Brett Kavanaugh afirmou que o Supremo Tribunal dos EUA “não é uma instituição política ou partidária”, garantindo que vai ser “sempre um jogador de equipa numa equipa de nove”.