Joe Biden troca Camboja pela Colômbia em cimeira em Phnom Penh

O Presidente norte-americano, Joe Biden, cometeu hoje uma ‘gaffe’ ao chamar Colômbia ao Camboja na abertura da cimeira do Sudeste Asiático, em Phnom Penh, ao lado do primeiro-ministro cambojano, Hun Sen.

Joe Biden troca Camboja pela Colômbia em cimeira em Phnom Penh

Joe Biden troca Camboja pela Colômbia em cimeira em Phnom Penh

O Presidente norte-americano, Joe Biden, cometeu hoje uma ‘gaffe’ ao chamar Colômbia ao Camboja na abertura da cimeira do Sudeste Asiático, em Phnom Penh, ao lado do primeiro-ministro cambojano, Hun Sen.

“Quero agradecer ao primeiro-ministro pela liderança da Colômbia na presidência da ASEAN”, disse Biden, referindo-se à presidência cambojana da Associação das Nações do Sudeste Asiático, segundo a agência francesa AFP.

A cimeira do Sudeste Asiático junta os líderes da ASEAN e os de Austrália, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, Índia, Japão, Nova Zelândia e Rússia.

A ASEAN é formada por Brunei, Camboja, Filipinas, Indonésia, Laos, Malásia, Myanmar (antiga Birmânia), Singapura, Tailândia e Vietname.

Biden já se tinha enganado no nome do país a presidir à ASEAN à partida de Washington para Phnom Penh, trocando a nação asiática pela sul-americana.

Disse aos jornalistas que estava a caminho da Colômbia e corrigiu logo a seguir: “quero dizer Camboja [‘Cambodia’ em inglês].

Biden, que celebra 80 anos este mês, é conhecido pelas suas ‘gaffes’ na sua longa carreira em Washington.

A de hoje foi, no entanto, menos embaraçosa do que a da sua vice-presidente em setembro, na Coreia do Sul.

Kamala Harris, durante uma visita à zona desmilitarizada que separa a Coreia do Norte da Coreia do Sul, trocou os nomes e disse que os Estados Unidos tinham uma aliança forte e duradoura… “com a República da Coreia do Norte”.

PNG // CSJ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS