Inscrições para subsídio de desemprego recuam nos EUA

As inscrições no desemprego nos Estados Unidos recuaram na semana passada para o nível mais baixo desde abril, um sinal da solidez do mercado laboral, segundo dados divulgados hoje pelo Departamento do Trabalho.

Inscrições para subsídio de desemprego recuam nos EUA

Inscrições para subsídio de desemprego recuam nos EUA

As inscrições no desemprego nos Estados Unidos recuaram na semana passada para o nível mais baixo desde abril, um sinal da solidez do mercado laboral, segundo dados divulgados hoje pelo Departamento do Trabalho.

Entre 18 e 24 de setembro, 193.000 pessoas inscreveram-se para receber subsídio de desemprego, um recuo de 16.000 em relação à semana anterior, indicam os números publicados pelo Departamento do Trabalho.

O número ficou muito abaixo do que era esperado pelos analistas, que apontavam para 213.000 e também ficou abaixo de 200.000 pela primeira vez desde maio, sendo o nível mais baixo desde abril.

“O desequilíbrio entre a oferta e a procura de trabalhadores, que tem levado a uma pressão em alta dos salários, é um fator decisivo para a Reserva Federal (Fed) continuar a aumentar as taxas de juro diretoras”, afirmou Nancy Vanden Houten, economista da Oxford Economics, citada pela AFP.

Para fazer baixar a inflação, que estava em 8,3% em agosto, a Fed tem de subir as taxas de juro e desacelerar a atividade económica, o que deverá levar a um aumento da taxa de desemprego que está atualmente em 3,7%.

Os dados relativos à taxa de desemprego em setembro serão publicados em 07 de outubro.

EO // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS