Guterres quer norueguês Geir Pedersen como próximo emissário da ONU para a Síria

Guterres quer norueguês Geir Pedersen como próximo emissário da ONU para a Síria

O secretário-geral da ONU, António Guterres, informou o Conselho de Segurança da sua intenção de nomear o diplomata norueguês Geir Pedersen como o próximo emissário das Nações Unidas para a Síria, indicaram hoje à agência France Presse fontes diplomáticas.

Atualmente embaixador da Noruega na China, Pedersen representou o seu país junto da ONU de 2012 a 2017 e integrou a equipa norueguesa que participou nas negociações secretas que levaram ao acordo israelo-palestiniano de Oslo, em 1993.

Geir Pedersen substituirá o italo-sueco Staffan de Mistura, que anunciou que abandonará as funções no final de novembro, e que já tinha substituído em 2005 no Líbano como representante pessoal do secretário-geral da ONU no sul do Líbano, antes de se tornar coordenador especial da ONU para o Líbano até 2008.

“Tenho o prazer de vos informar da minha intenção de anunciar a nomeação de Geir O. Pedersen como meu enviado especial para a Síria. Ao tomar esta decisão, pedi muitas opiniões, incluindo do governo da República Árabe da Síria”, escreveu Guterres numa carta consultada pela AFP.

“Pedersen vai apoiar as partes sírias, facilitando uma solução política abrangente e credível, capaz de satisfazer as aspirações do povo sírio”, adiantou.

O secretário-geral da ONU agradece igualmente a Staffan de Mistura pelos seus esforços no sentido de trazer a paz à Síria.

A oposição síria, através do porta-voz do Comité das Negociações Sírias (CNS, que representa os principais grupos da oposição), Yahya al-Aridi, elogiou a experiência de Pedersen, mas considerou que a mudança de emissário terá pouco impacto sobre o futuro do seu país se não houver vontade internacional e consenso sobre um roteiro político.

A guerra na Síria causou mais de 360.000 mortos e milhões de deslocados e refugiados desde 2011.

PAL // PVJ

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Guterres quer norueguês Geir Pedersen como próximo emissário da ONU para a Síria

O secretário-geral da ONU, António Guterres, informou o Conselho de Segurança da sua intenção de nomear o diplomata norueguês Geir Pedersen como o próximo emissário das Nações Unidas para a Síria, indicaram hoje à agência France Presse fontes diplomáticas.