Governo:  Tiago Antunes e Mário Campolargo os secretários de Estado na direta dependência de Costa

O PM vai ter na sua dependência direta os secretários de Estado dos Assuntos Europeus, Tiago Antunes, e da Digitalização e da Modernização Administrativa, Mário Filipe Campolargo.

Governo:  Tiago Antunes e Mário Campolargo os secretários de Estado na direta dependência de Costa

Governo:  Tiago Antunes e Mário Campolargo os secretários de Estado na direta dependência de Costa

O PM vai ter na sua dependência direta os secretários de Estado dos Assuntos Europeus, Tiago Antunes, e da Digitalização e da Modernização Administrativa, Mário Filipe Campolargo.

Estas propostas de nomeação constam de uma nota no portal da Presidência da República, divulgada após o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, ter aceitado hoje a lista de secretários de Estado do XXIII Governo Constitucional proposta por António Costa.

Uma das principais alterações na orgânica do novo Governo é o facto de o primeiro-ministro ter na sua direta dependência o secretário de Estado dos Assuntos Europeus, antes na tutela do ministro dos Negócios Estrangeiros.

Tiago Antunes, o novo secretário de Estado dos Assuntos Europeus, tem pertencido ao “núcleo duro” político de António Costa, sobretudo na legislatura que agora termina e em que exerceu as funções de secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro.

Já o secretário de Estado da Digitalização e da Modernização Administrativa, Mário Filipe Campolargo, fica também na dependência direta do líder do executivo, porque António Costa considera que tem duas pastas centrais na execução do Plano de Recuperação e Resiliência.

Outro dado relevante é a manutenção de André Moz Caldas como secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, continuando assim na equipa da ministra Mariana Vieira da Silva.

 

PMF // JPS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS