Governo decreta mais um dia sem trabalho e sem aulas devido a apagão na Venezuela

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, prolongou por 24 horas a suspensão de atividades laborais e escolares devido ao apagão que afeta o país desde a passada quinta-feira.

Governo decreta mais um dia sem trabalho e sem aulas devido a apagão na Venezuela

Governo decreta mais um dia sem trabalho e sem aulas devido a apagão na Venezuela

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, prolongou por 24 horas a suspensão de atividades laborais e escolares devido ao apagão que afeta o país desde a passada quinta-feira.

Caracas, 11 mar (Lusa) – O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, prolongou hoje por 24 horas a suspensão de atividades laborais e escolares devido ao apagão que afeta o país desde a passada quinta-feira, anunciou o Governo em Caracas.

“O Presidente Nicolás Maduro Moros, decidiu prolongar, por mais 24 horas, a suspensão das atividades laborais e a suspensão das aulas em todos os níveis de educação, desde a pré-escolar até à educação universitária”, disse o ministro de Comunicação e Informação venezuelano, Jorge Rodríguez.

Em declarações ao canal estatal Venezuelana de Televisão (VTV), Rodríguez referiu que o Governo está “profundamente comovido e orgulhoso de ver a força, a tenacidade e a valentia” com que o povo venezuelano tem respondido aos “ataques” contra o sistema elétrico.

“Neste momento, podemos dizer que conseguimos avançar de maneira muito ampla para recuperar a tranquilidade e o sistema elétrico nacional que foi agredido de forma feroz”, disse.

O ministro explicou que desde a passada quinta-feira, o sistema elétrico venezuelano foi alvo de “cinco ataques criminosos” e saudou, da parte de Nicolás Maduro, os esforços dos trabalhadores da Corporação Elétrica Nacional da Venezuela (Corpoelec) para normalizar o abastecimento de eletricidade no país.

A Venezuela está às escuras desde a última quinta-feira, na sequência de uma avaria na central hidroelétrica de El Guri, a principal do país, que afetou ainda dois sistemas secundários e a linha central de transmissão.

Em Caracas, a eletricidade está a chegar a vários bairros, mas de forma intermitente.

O apagão afetou as comunicações fixas e móveis, os terminais de pagamentos e o acesso à Internet.

Na sequência do apagão, Maduro ordenou a suspensão as atividades laborais e de ensino.

FPG // PNG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS