Governo brasileiro anuncia restabelecimento de 80% de energia elétrica no Amapá

O Ministério de Minas e Energia (MME) do Brasil anunciou hoje que aumentou para 80% o fornecimento de energia no Amapá, estado que entra agora no seu nono dia de um apagão elétrico, que motivou vários protestos.

Governo brasileiro anuncia restabelecimento de 80% de energia elétrica no Amapá

Governo brasileiro anuncia restabelecimento de 80% de energia elétrica no Amapá

O Ministério de Minas e Energia (MME) do Brasil anunciou hoje que aumentou para 80% o fornecimento de energia no Amapá, estado que entra agora no seu nono dia de um apagão elétrico, que motivou vários protestos.

“Na manhã desta quarta-feira, entrou em operação mais uma unidade geração de energia na central hidroelétrica de Coaracy Nunes, agregando 25 megawatts no fornecimento de energia para o Amapá. Com isso, aumenta em cerca de 10% o atendimento atual, chegando a 80%”, indicou o ministério, na rede social Twitter.

Com um fornecimento energético parcial, os habitantes do Amapá recebem energia através de um sistema de alternância, com duração de seis horas, entre regiões.

O Amapá, localizado na região amazónica, está sem energia elétrica desde dia 03 à noite, após um incêndio numa subestação, que causou um apagão em 14 cidades, incluindo a capital regional, Macapá.

O prefeito de Macapá, Clécio Luís, decretou estado de “calamidade pública” na quinta-feira da semana passada devido ao apagão, que causou sérias dificuldades na distribuição de suprimentos e comprometeu o funcionamento dos hospitais.

O corte de energia também gerou longas filas nos supermercados em busca de água, porque, sem eletricidade, as bombas que levam água até às casas pararam de funcionar.

Os serviços de telecomunicações, assim como a maioria das caixas eletrónicas dos bancos, também deixaram de funcionar.

Macapá é a capital do Amapá, um estado do Brasil localizado na região norte e que faz fronteira com a Guiana Francesa e o Suriname, e tem cerca de 900 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na noite de terça-feira, a região foi palco de vários protestos contra o apagão de energia. Uma das manifestações resultou no bloqueio de uma estrada por cerca de oito horas.

MYMM (CYR) // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS