Governo angolano vai gastar mais 40 milhões de euros para modernizar televisão pública

O Governo angolano autorizou a aquisição de tecnologia e equipamento para a Televisão Pública de Angola (TPA) por ajuste direto, num valor de cerca de 40 milhões de euros.

Governo angolano vai gastar mais 40 milhões de euros para modernizar televisão pública

Governo angolano vai gastar mais 40 milhões de euros para modernizar televisão pública

O Governo angolano autorizou a aquisição de tecnologia e equipamento para a Televisão Pública de Angola (TPA) por ajuste direto, num valor de cerca de 40 milhões de euros.

Segundo o despacho presidencial n.º 174/22, em causa está a II Fase do Projeto de Reabilitação das Infra-Estruturas Tecnológica, ‘Softwares’, Equipamentos, Comunicações e Capacitação Técnica para o sistema de televisão e edifício administrativo “em virtude da urgência imperiosa de assegurar o seu normal funcionamento e consequentemente garantir a manifestação do interesse público”.

No mês passado, o Presidente da República inaugurou o complexo de produção de conteúdos Ernesto Bartolomeu da TPA, no qual foram instalados vários equipamentos modernos para emitir programas em HD (alta definição).

Para a recuperação e construção do complexo, o executivo desembolsou 35 milhões de euros, que permitiram dotar a TPA com sistemas de alta definição, controlo e edição de vídeos, sonorização, iluminação especial, bem como cenários virtuais e físicos.

Os 35 milhões de euros também serviram para assegurar a formação e capacitação de jornalistas, apresentadores, realizadores e demais técnicos que asseguram a operacionalização do equipamento e que decorreu em Luanda, Portugal e Espanha.

A montagem do primeiro canal de notícias do país, com um estúdio de grande dimensão virado para a redação, foi também destacada pelo Jornal de Angola no leque de serviços criados no quadro da modernização da TPA.

O novo canal TPA Notícias deverá começar a emitir em 15 de julho, durante 24 horas.

Os canais 2 da TPA e a Palanca TV serão fundidos num único, denominado TPA Cultura e Desporto.

 

RCR // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS