Governo abre concurso para contratar 1.000 técnicos superiores

O aviso relativo à abertura do procedimento concursal de recrutamento centralizado para 1.000 técnicos superiores para a Administração Pública foi hoje publicado, anunciou o Ministério das Finanças.

Governo abre concurso para contratar 1.000 técnicos superiores

Governo abre concurso para contratar 1.000 técnicos superiores

O aviso relativo à abertura do procedimento concursal de recrutamento centralizado para 1.000 técnicos superiores para a Administração Pública foi hoje publicado, anunciou o Ministério das Finanças.

“Com este procedimento, o Governo procura reconstituir e revitalizar o corpo técnico da Administração Pública, apostando nas áreas estratégicas do Estado e recuperando a sua massa crítica. Para além disso, permite dotar os centros de competências e os serviços de trabalhadores qualificados em áreas especializadas, garantindo assim os adequados níveis de funcionalidade dos serviços públicos”, refere o Ministério das Finanças em comunicado.

O executivo acrescenta que este procedimento, na modalidade de recrutamento centralizado, permite ainda “constituir reservas de recrutamento para a carreira geral de técnico superior, com vista à constituição de vínculo de emprego público na modalidade de contrato de trabalho em funções públicas, por tempo indeterminado, em diferentes áreas: jurídica; económico-financeira; planeamento, controlo e avaliação; relações internacionais e ciência política; e estatística”.

Os candidatos pré-selecionados na sequência de uma prova de conhecimentos e de uma avaliação psicológica integrarão uma bolsa de recrutamento válida durante 24 meses, a que se poderá recorrer quando houver necessidades de pessoal a suprir, acrescentam.

O concurso estará aberto pelo prazo de 15 dias úteis, contados a partir da data de publicação do aviso na Bolsa de Emprego Público (BEP), sendo realizado através da utilização preferencial de meios eletrónicos.

São admitidos candidatos com ou sem vínculo de emprego público previamente estabelecido, esclarece, por fim, o Governo.

ALU/MSF //CSJ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS