França/Eleições: Macron e Marine Le Pen lado a lado na primeira volta das presidenciais – sondagens

As sondagens divulgadas hoje em França indicam que tanto Emanuel Macron como Marine Le Pen podem chegar ao primeiro lugar nas presidenciais de domingo, com o Presidente francês a manter uma ligeira vantagem sobre a candidata da extrema-direita.

França/Eleições: Macron e Marine Le Pen lado a lado na primeira volta das presidenciais - sondagens

França/Eleições: Macron e Marine Le Pen lado a lado na primeira volta das presidenciais – sondagens

As sondagens divulgadas hoje em França indicam que tanto Emanuel Macron como Marine Le Pen podem chegar ao primeiro lugar nas presidenciais de domingo, com o Presidente francês a manter uma ligeira vantagem sobre a candidata da extrema-direita.

A diferença entre Emmanuel Macron e Marine Le Pen nunca foi tão curta, com várias sondagens a indicarem hoje que a diferença de votos na primeira volta pode situar-se entre 1 a 3 pontos percentuais, sem haver ainda certezas que, apesar da vantagem, Emmanuel Macron será o candidato preferido dos franceses.

Desde o fim da última semana, Marine Le Pen tem subido nas intenções de voto, arrancando dos cerca de 20% que detinha no mês anterior e aproximando-se de Emmanuel Macron, que desceu dos cerca de 30%. Na sondagem publicada hoje pelo gabinete de estudos ELABE para a televisão BFMTV e a revista L’Express, o chefe de Estado tem 26% das intenções de voto e Marine Le Pen 25%.

Já a sondagem do gabinete de estudos BVA para a rádio RTL dá a mesma percentagem de intenções de voto para Emmanuel Macron, 26%, mas 23% para Marine Le Pen. Noutra sondagem do gabinete de estudos Ifop para a revista Paris Match, televisão LCI e SudRadio, o Presidente mantém os 26% e Marine Le Pen detém 24% da preferência dos inquiridos.

Com esta fotografia da preferência dos franceses, as intenções de voto em Emmanuel Macron recuaram aos níveis do início da guerra na Ucrânia, com Marine Le Pen a subir desde o início da campanha.

Percebendo que a líder da extrema-direita é a sua maior adversária e com uma grande proximidade, Emmanuel Macron disse que Marine Le Pen “tem um programa racista que visa dividir a sociedade de uma forma brutal”, numa entrevista ao jornal Le Parisien. Já Marine Le Pen, que realizou o seu último comício de campanha em Perpignan na quinta-feira, disse que o voto em si faria “ganhar o povo”.

No terceiro lugar em todas estas sondagens está Jean-Luc Melénchon, obtendo entre 17 e 17,5%, deixando assim o líder da extrema-esquerda provavelmente de fora da segunda volta.

De forma a reforçar a posição de Mélenchon, Christiane Taubira, antiga ministra da Justiça e pré-candidata às eleições que recolhe muita simpatia à esquerda, disse apoiar o líder da França Insubmissa.

No quarto lugar, empatados, estão a candidata da direita, Valérie Pécresse, e Eric Zémmour, também na extrema-direita, já sem qualquer possibilidade de chegar à segunda volta.

As eleições presidenciais francesas contam com 12 candidatos e a primeira volta vai decorrer no domingo, com a segunda volta agendada para 24 de abril entre os dois candidatos mais votados.

 

CYF // MLS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS