FMI aprova quinta revisão do programa de ajuda a Angola e liberta 772 milhões

O Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou a quinta revisão ao programa de ajustamento financeiro de Angola, permitindo o desembolso imediato de 772 milhões de dólares, salientando a visão positiva das autoridades e o empenho nas políticas do programa.

FMI aprova quinta revisão do programa de ajuda a Angola e liberta 772 milhões

FMI aprova quinta revisão do programa de ajuda a Angola e liberta 772 milhões

O Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou a quinta revisão ao programa de ajustamento financeiro de Angola, permitindo o desembolso imediato de 772 milhões de dólares, salientando a visão positiva das autoridades e o empenho nas políticas do programa.

“A decisão do conselho de administração do FMI permite um desembolso imediato de 772 milhões de dólares [633 milhões de euros] a Angola”, lê-se no comunicado colocado esta noite no site do Fundo, no qual se aponta que a economia angola “está em transição para uma recuperação gradual de múltiplos choques, incluindo aqueles induzidos pela pandemia de covid-19”.

No comunicado, o FMI acrescenta que “a visão política das autoridades continua sã, e continuam empenhados no programa económico apoiado pelo Programa de Financiamento Ampliado”.

O programa de ajustamento financeiro foi acertado com o FMI em dezembro de 2018, num valor de 3,7 mil milhões de dólares, que foi em setembro aumentado para cerca de 4,5 mil milhões de dólares (de 3 mil milhões de euros para 3,7 mil milhões de euros), dos quais cerca de 3 mil milhões de dólares (2,5 mil milhões de euros) já foram entregues, a que se junta o valor hoje anunciado, e dura até final deste ano.

MBA // RBF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS