Finanças vão instalar-se no topo norte do estádio de Leiria com renda de 30 mil euros/mensais

Os serviços locais e distritais das Finanças de Leiria vão ser deslocalizados para o topo norte do estádio municipal após obras de adaptação, com pagamento de uma renda mensal de quase 30 mil euros à Câmara, foi hoje anunciado.

Finanças vão instalar-se no topo norte do estádio de Leiria com renda de 30 mil euros/mensais

Finanças vão instalar-se no topo norte do estádio de Leiria com renda de 30 mil euros/mensais

Os serviços locais e distritais das Finanças de Leiria vão ser deslocalizados para o topo norte do estádio municipal após obras de adaptação, com pagamento de uma renda mensal de quase 30 mil euros à Câmara, foi hoje anunciado.

Na reunião do executivo municipal, foi aprovada a minuta do contrato promessa de arrendamento para fins não habitacionais da torre nascente do topo norte do Estádio dr. Magalhães Pessoa.

O presidente da Câmara, Gonçalo Lopes, considerou que este documento “é um bom conforto e um bom avanço para o início” das obras de adaptação da torre nascente, realçando tratar-se de um “compromisso importante que foi negociado nos últimos anos”.

À agência Lusa, Gonçalo Lopes adiantou que o concurso público internacional para aquelas obras, com preço-base de 3,5 milhões de euros, vai brevemente a reunião de Câmara, sendo que o prazo de execução é de dois anos.

Segundo o autarca, a previsão é de que em 2025 os serviços da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) possam ocupar a torre nascente do topo norte do estádio municipal.

Uma nota de imprensa enviada pela Câmara de Leiria refere que o Município e a AT “comprometem-se, assim, a celebrar um acordo que prevê a cedência onerosa de 3.149 metros quadrados daquele espaço municipal, pelo valor mensal de 29.988,80 euros e pelo prazo de 15 anos, renovável automaticamente por períodos sucessivos de 10 anos”.

“A área a ocupar pelos serviços e Direção Distrital das Finanças inclui seis dos sete pisos da torre nascente e 20 lugares de estacionamento reservados no piso -1 do Estádio Municipal”, refere a nota.

A Câmara acrescenta que “o documento, que terá ainda de ser aprovado em Assembleia Municipal, contempla ainda a realização de obras de adaptação por parte do Município, procedimento a abrir após a aprovação do projeto de execução ainda durante o mês de setembro”.

SR // JEF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS