Filho do vice de Bolsonaro nomeado para assessoria do Banco do Brasil

Filho do vice de Bolsonaro nomeado para assessoria do Banco do Brasil

Antonio Rossell Mourão, filho do vice-presidente brasileiro, Hamilton Mourão, é o novo assessor do presidente do Banco do Brasil, informação confirmada pela assessoria do banco à imprensa brasileira.

A nomeação aconteceu nesta segunda-feira, depois de Rubem Novaes ter assumido o comando da instituição bancária como novo presidente do Banco do Brasil.

Com o novo cargo, Antonio Mourão terá o seu salário mais do que triplicado, passando a auferir mensalmente 36,3 mil reais (cerca de 8.600 euros).

Há 18 anos que Rossell Mourão era funcionário deste banco, sendo que 11 deles foram passados a desempenhar funções de assessor na área de agronegócio da instituição, cargo onde ganhava cerca de 12 mil reais por mês (2.800 euros).

Questionado pela imprensa, o filho do vice-presidente do Brasil afirmou que não há nenhuma irregularidade na sua nomeação para o cargo superior no banco público: “Sou funcionário de carreira do banco há bastante tempo, 18 anos, por concurso público. Tenho duas pós-graduações e trabalhei em algumas diretorias do Banco do Brasil. Não fere nenhuma regra (…) dentro do banco”, argumentou Mourão, segundo a plataforma de notícias G1.

Esta nomeação acontece apenas uma semana depois de Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão terem tomado posse da presidência e vice-presidente do Brasil, respetivamente, no passado dia 01 de janeiro.

 

 

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Filho do vice de Bolsonaro nomeado para assessoria do Banco do Brasil

Antonio Rossell Mourão, filho do vice-presidente brasileiro, Hamilton Mourão, é o novo assessor do presidente do Banco do Brasil, informação confirmada pela assessoria do banco à imprensa brasileira.