Ferro Rodrigues evoca Mário Soares lembrando a sua

Ferro Rodrigues evoca Mário Soares lembrando a sua “insubmissão ao populismo”

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, evocou hoje o segundo ano da morte de Mário Soares, lembrando a atualidade da mensagem de “insubmissão ao populismo” do ex-chefe de Estado.

“Mário Soares faleceu há dois anos. Dois anos passados, a insubmissão ao populismo e às ideologias e práticas contra o Parlamento, têm a maior das atualidades. Saibamos todos ser firmes na defesa da Democracia, firmes contra o ódio, a mentira e a exploração do medo. Que viva Mário Soares”, apela Eduardo Ferro Rodrigues, numa nota colocada no ‘site’ da Assembleia da República na Internet.

Mário Soares morreu no dia 07 de janeiro de 2017, aos 92 anos, em Lisboa.

Advogado, combateu a ditadura do Estado Novo, foi fundador e primeiro líder do PS. Regressado do exílio em França, após o 25 de Abril de 1974, foi ministro dos Negócios Estrangeiros, primeiro-ministro e Presidente da República durante dois mandatos, entre 1986 e 1996.

Como primeiro-ministro, pediu a adesão de Portugal à então Comunidade Económica Europeia (CEE), em 1977, e assinou o respetivo tratado, em 1985.

JPS (IEL) // ZO

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Ferro Rodrigues evoca Mário Soares lembrando a sua “insubmissão ao populismo”

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, evocou hoje o segundo ano da morte de Mário Soares, lembrando a atualidade da mensagem de “insubmissão ao populismo” do ex-chefe de Estado.