Ex-Presidente do Peru pede reunião na prisão com Comissão Interamericana de Direitos Humanos

Lima, 22 dez 2022 (Lusa) – O ex-Presidente peruano Pedro Castillo pediu na quarta-feira à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) que o visite “com urgência” na prisão onde está detido preventivamente desde que foi afastado do cargo.Castillo disse numa mensagem publicada no Twitter que está “arbitrariamente privado” dos seus direitos e que decidiu publicar […]

Ex-Presidente do Peru pede reunião na prisão com Comissão Interamericana de Direitos Humanos

Ex-Presidente do Peru pede reunião na prisão com Comissão Interamericana de Direitos Humanos

Lima, 22 dez 2022 (Lusa) – O ex-Presidente peruano Pedro Castillo pediu na quarta-feira à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) que o visite “com urgência” na prisão onde está detido preventivamente desde que foi afastado do cargo.Castillo disse numa mensagem publicada no Twitter que está “arbitrariamente privado” dos seus direitos e que decidiu publicar […]

Lima, 22 dez 2022 (Lusa) – O ex-Presidente peruano Pedro Castillo pediu na quarta-feira à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) que o visite “com urgência” na prisão onde está detido preventivamente desde que foi afastado do cargo.

Castillo disse numa mensagem publicada no Twitter que está “arbitrariamente privado” dos seus direitos e que decidiu publicar um comunicado, assinado pelo advogado Wilfredo Robles Rivera, “visto que a CIDH se encontra de visita ao Peru”.

“Expresso a minha preocupação pelo que aconteceu e solicito que se realize com urgência uma reunião tão importante entre a comissão da CIDH e a minha equipa legal”, notou Castillo.

Na declaração, o advogado dirige-se “à comunidade internacional e ao povo do Peru” para indicar que na terça-feira foi pedido à CIDH, através da organização Red Nacional de Derechos Humanos (Rede Nacional de Direitos Humanos), para participar num “encontro com o Presidente Pedro Castillo, com a presença do advogado de defesa”.

O advogado acrescentou que a secretária executiva da organização respondeu que, “no âmbito da agenda da equipa técnica da CIDH, está programada uma visita” ao ex-dirigente.

No entanto, Wilfredo Robles Rivera referiu que, no momento da publicação do comunicado, a CIDH ainda não tinha contactado a defesa de Castillo “a fim de finalizar os pormenores da reunião”, expressando receio de que a reunião “não se realize devido a uma possível pressão política”.

O Peru atravessa uma crise política e social devido às manifestações que abalam o país desde a destituição do ex-Presidente Pedro Castillo, em 07 de dezembro, que quis dissolver o parlamento para convocar uma assembleia constituinte, criar um governo de emergência e governar por decreto, o que foi interpretado como uma tentativa de golpe de Estado.

Após a detenção de Castillo, que ficará em prisão preventiva 18 meses, o poder passou para a vice-presidente, Dina Boluarte, mas os protestos e manifestações continuaram, fazendo 26 mortos, o que levou o novo Governo a decretar o estado de emergência a nível nacional.

Os distúrbios no país obrigaram ao encerramento dos aeroportos, deixando milhares de turistas retidos no Peru, incluindo portugueses.

CAD // CAD

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS