Ex-MNE moçambicano Oldemiro Balói lidera missão de observadores da CPLP às eleições na Guiné-Bissau

O ex-ministro dos Negócios Estrangeiros moçambicano Oldemiro Balói vai liderar a missão de observadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa às eleições presidenciais de 24 de novembro na Guiné-Bissau, anunciou hoje o secretário-executivo da organização.

Ex-MNE moçambicano Oldemiro Balói lidera missão de observadores da CPLP às eleições na Guiné-Bissau

Ex-MNE moçambicano Oldemiro Balói lidera missão de observadores da CPLP às eleições na Guiné-Bissau

O ex-ministro dos Negócios Estrangeiros moçambicano Oldemiro Balói vai liderar a missão de observadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa às eleições presidenciais de 24 de novembro na Guiné-Bissau, anunciou hoje o secretário-executivo da organização.

“Já tínhamos decidido que a CPLP ia ter uma missão de observação eleitoral à Guiné-Bissau e tivemos agora a indicação de que essa missão será chefiada pelo ex-ministro dos Negócios Estrangeiros de Moçambique Oldemiro Balói”, disse Francisco Ribeiro Telles, em declarações aos jornalistas.

O secretário-executivo da CPLP falava à margem de um debate na Sociedade de Geografia de Lisboa sobre o tema “CPLP, que presente, que futuro”.

As eleições presidenciais na Guiné-Bissau estão previstas para 24 de novembro. A pré-campanha tem sido marcada por trocas acusações entre os principais candidatos de envolvimento no tráfico de droga.

Na segunda-feira, o primeiro-ministro, Aristides Gomes, denunciou na sua página na rede social Facebook uma alegada tentativa de golpe de Estado com o objetivo de adiar as eleições, acusando diretamente o candidato apoiado pelo Movimento para a Alternância Democrática (Madem G15), Umaro Sissoco Embaló, que recusou, em declarações à Lusa, qualquer envolvimento.

ATR // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS