EUA sancionam filho de Presidente do Zimbabué por corrupção

A administração norte-americana impôs hoje sanções a Emmerson Mnangagwa Jr., filho do Presidente do Zimbabué, uma medida que coincide com as vésperas de uma cimeira dos Estados Unidos com líderes africanos em Washington.

EUA sancionam filho de Presidente do Zimbabué por corrupção

EUA sancionam filho de Presidente do Zimbabué por corrupção

A administração norte-americana impôs hoje sanções a Emmerson Mnangagwa Jr., filho do Presidente do Zimbabué, uma medida que coincide com as vésperas de uma cimeira dos Estados Unidos com líderes africanos em Washington.

Em comunicado, o Departamento do Tesouro dos EUA anunciou que sancionou quatro cidadãos zimbabueanos e duas empresas pelas suas ações em minar a democracia e facilitar a corrupção ao mais alto nível.

O Presidente do Zimbabué, Emmerson Mnangagwa, já se encontrava anteriormente na lista de cidadãos do país africano alvo de sanções.

Segundo o Departamento do Tesouro, o jovem Mnangagwa está encarregado dos interesses comerciais do pai relacionados com o proeminente empresário Kudakwashe Tagwirei e a sua empresa Sakunda Holdings, ambas já sujeitas a sanções dos EUA.

As sanções congelam quaisquer ativos que os visados possam ter nas jurisdições dos EUA e impedem os cidadãos e empresas dos Estados Unidos de estabelecerem negócios com eles.

“Pedimos ao governo do Zimbabué que adote medidas significativas para criar um Zimbabué pacífico, próspero e politicamente vibrante, e para abordar as causas profundas de muitos dos males do Zimbabué: elites corruptas e o seu abuso das instituições do país para benefício pessoal”, lê-se no comunicado da administração de Joe Biden.

“O objetivo das sanções é a mudança de comportamento”, acrescenta-se na nota, que prossegue: “As ações de hoje demonstram o apoio dos Estados Unidos a um Zimbabué transparente e próspero”.

Além de Mnangagwa, as sanções de hoje têm como alvo a mulher de Tagwirei, Sandra Mpunga; Nqobile Magwizi e Obey Chimuka, juntamente com as empresas Fossil Agro e Fossil Contracting.

Todos têm ligações à Tagwirei e Sakunda Holdings.

EL // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS