EUA anunciam novo pacote de ajuda à Ucrânia para reforçar defesas antiaéreas

Os Estados Unidos anunciaram hoje mais 275 milhões de dólares (cerca de 260 milhões de euros) em ajuda militar à Ucrânia, com o objetivo de reforçar as suas defesas antiaéreas.

EUA anunciam novo pacote de ajuda à Ucrânia para reforçar defesas antiaéreas

EUA anunciam novo pacote de ajuda à Ucrânia para reforçar defesas antiaéreas

Os Estados Unidos anunciaram hoje mais 275 milhões de dólares (cerca de 260 milhões de euros) em ajuda militar à Ucrânia, com o objetivo de reforçar as suas defesas antiaéreas.

O pacote inclui munições e defesas antiaéreas do inventário do Pentágono, disse John Kirby, porta-voz da Casa Branca.

Com este anúncio, os EUA forneceram cerca de 18 mil milhões de euros em assistência de segurança à Ucrânia desde que o Presidente Joe Biden chegou à Casa Branca, em janeiro de 2021.

A Rússia intensificou os ataques aéreos contra as infraestruturas responsáveis pelo fornecimento de energia à Ucrânia nas últimas semanas, aumentando o receio de que os cidadãos ucranianos fiquem sem eletricidade e aquecimento durante o inverno.

A NATO acusa o Presidente russo, Vladimir Putin, de tentar usar o inverno como uma “arma de guerra”.

A ofensiva militar lançada a 24 de fevereiro pela Rússia na Ucrânia causou já a fuga de mais de 13 milhões de pessoas — mais de seis milhões de deslocados internos e mais de 7,7 milhões para países europeus -, de acordo com os mais recentes dados da ONU, que classifica esta crise de refugiados como a pior na Europa desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

A invasão russa — justificada pelo Presidente russo, Vladimir Putin, com a necessidade de “desnazificar” e desmilitarizar a Ucrânia para segurança da Rússia – foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que tem respondido com envio de armamento para a Ucrânia e imposição à Rússia de sanções políticas e económicas.

RJP // APN

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS