Elon Musk anuncia no Brasil projeto para conectar 19 mil escolas na Amazónia

O bilionário Elon Musk anunciou hoje um projeto para conectar 19 mil escolas e fazer a monitorização da Amazónia brasileira, pouco depois de chegar ao Brasil para um encontro com empresários e o Presidente do país, Jair Bolsonaro.

Elon Musk anuncia no Brasil projeto para conectar 19 mil escolas na Amazónia

Elon Musk anuncia no Brasil projeto para conectar 19 mil escolas na Amazónia

O bilionário Elon Musk anunciou hoje um projeto para conectar 19 mil escolas e fazer a monitorização da Amazónia brasileira, pouco depois de chegar ao Brasil para um encontro com empresários e o Presidente do país, Jair Bolsonaro.

“Super animado por estar no Brasil para lançar o Starlink para 19.000 escolas ‘offline’ em áreas rurais e monitoramento ambiental da Amazónia!”, anunciou Musk, numa mensagem publicada na rede social Twitter.

O empresário chegou na manhã de hoje a num hotel de luxo na cidade brasileira de Porto Feliz, localizada a cerca de 200 quilómetros da cidade de São Paulo, onde falou para uma plateia composta por empresários de diversos setores, como telecomunicações, financeiro e energia.

Segundo os ‘media’ locais, o Presidente brasileiro declarou, no mesmo evento, contar com Musk para que a Amazónia seja conhecida e para se saber a verdade face ao que classificou como mentiras que são divulgadas sobre a preservação da maior floresta tropical do mundo.

“Nós pretendemos, precisamos e contamos com Elon Musk para que a Amazónia seja conhecida por todos no Brasil e no mundo, a exuberância dessa região e como ela é preservada”, declarou Bolsonaro.

Nas redes sociais, o Presidente brasileiro frisou que conversou com Musk sobre “conectividade, investimentos, inovação e o uso da tecnologia como reforço na proteção de nossa Amazónia e na realização do potencial económico do Brasil”.

O Governo brasileiro já havia anunciado que estava analisando um acordo com Musk para levar a Internet a áreas remotas da Amazónia graças ao sistema de satélites Starlink, uma constelação de milhares de satélites de baixa órbita que permite oferecer Internet de banda larga.

Esse mesmo sistema, segundo o Governo brasileiro, permitiria o uso de tecnologia para monitorizar a extração ilegal de madeira na Amazónia e os incêndios, que explodiram sob o mandato de Bolsonaro, após menor controle na região devido aos sucessivos cortes orçamentais.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou este ano a operação no país sul-americano da Starlink, que permite o acesso à rede por meio de pequenas antenas fáceis de instalar em qualquer lugar onde não cheguem provedores regulares de Internet.

A viagem de Elon Musk ao Brasil acontece quase um mês após o empresário anunciar a compra da rede social Twitter, operação que ainda não está fechada e que recebeu elogios de Bolsonaro e seus aliados radicais de direita que alegam serem vítimas de censura.

Os ‘media’ brasileiros relatam que Jair Bolsonaro elogiou a intenção do magnata de comprar a rede social no evento em Porto Feliz.

“O mais importante da presença dele é algo que é imaterial. Hoje em dia, poderíamos chamá-lo de mito da liberdade. O exemplo que nos deu, há poucos dias, quando anunciou a compra do Twitter, para nós aqui foi como um sopro de esperança”, concluiu o Presidente brasileiro.

CYR // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS