Dois mortos em confrontos entre polícia e manifestantes na Nicarágua

Dois mortos em confrontos entre polícia e manifestantes na Nicarágua

Duas pessoas morreram sexta-feira à noite em Masaya, no final de um discurso do Presidente da Nicarágua, naquela cidade que é um símbolo da revolta popular contra o Governo

Masaya, Nicarágua, 14 jul (Lusa) – Duas pessoas morreram sexta-feira à noite em Masaya, no final de um discurso do Presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, naquela cidade que é um símbolo da revolta popular contra o Governo, informou uma associação de direitos humanos.


O confronto decorreu no parque central de Masaya, onde desemboca o distrito indígena Monimbó, ainda cheio de barricadas e o último grande bastião dos manifestantes que exigem a renúncia de Ortega.


Segundo a Associação Nicaraguense dos Direitos Humanos (ANPDH), pelo menos duas pessoas morreram no confronto, no qual foram usadas armas pesadas, segundo a agência de notícias espanhola Efe.


Desde que os protestos contra Daniel Ortega começaram a 18 de abril, pelo menos 351 pessoas morreram na repressão contra os opositores, segundo organizações não-governamentais.


Tudo começou quando o Presidente da Nicarágua concluiu seu discurso numa esquadra da polícia, cercado por um forte plano de segurança, contando ainda com apoio de membros da Juventude Sandinista, vestidos de preto, identificados com seus logótipos e armados com pistolas.


Quando Ortega proferiu suas últimas palavras, soou um tiro que desencadeou a tensão na caravana oficial, composta por milhares de partidários do atual presidente e da sua mulher, a vice-presidente, Rosario Murillo.



JMC // JMC

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Dois mortos em confrontos entre polícia e manifestantes na Nicarágua

Duas pessoas morreram sexta-feira à noite em Masaya, no final de um discurso do Presidente da Nicarágua, naquela cidade que é um símbolo da revolta popular contra o Governo