Dois dos sete militares da Marinha feridos em Cabo Verde já estão em Portugal

Dois dos sete militares da Marinha Portuguesa que sofreram um acidente de viação em Cabo Verde, durante uma visita de lazer, já estão em Lisboa, apresentando um estado de saúde estável, segundo uma nota da Autoridade Marítima Nacional.

Dois dos sete militares da Marinha feridos em Cabo Verde já estão em Portugal

Dois dos sete militares da Marinha feridos em Cabo Verde já estão em Portugal

Dois dos sete militares da Marinha Portuguesa que sofreram um acidente de viação em Cabo Verde, durante uma visita de lazer, já estão em Lisboa, apresentando um estado de saúde estável, segundo uma nota da Autoridade Marítima Nacional.

Em comunicado, a Marinha Portuguesa adianta que os dois militares foram recebidos pelo Secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches, e o Chefe do Estado-Maior da Armada, almirante António Mendes Calado.

“Para além dos dois militares que chegaram esta noite a Portugal, os restantes cinco militares da Marinha encontram-se todos estáveis e conscientes. Três já tiveram alta, dois encontram-se ainda em recuperação em unidade hospitalar em Cabo Verde”, é referido ainda na nota.

No domingo, o porta-voz do Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA), Pedro Serafim, disse à Lusa que dos sete militares, três tiveram alta do Hospital do Mindelo, em São Vicente, dois estão ainda internados no mesmo hospital.

Sete militares da Marinha portuguesa sofreram no sábado um acidente de viação na ilha cabo-verdiana de Santo Antão, durante uma visita de lazer, e foram transportados ao Centro de Saúde de Porto Novo.

Fonte do comando regional de Santo Antão da Polícia Nacional disse à Lusa no sábado que os sete marinheiros tinham chegado à ilha vizinha de São Vicente no dia 28 de outubro, no âmbito de um programa de cooperação com a Guarda Costeira cabo-verdiana, a bordo do navio hidro-oceanográfico D. Carlos I, da Marinha portuguesa.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS