Homem detido em Lisboa após denúncia de violência doméstica

Um homem de 45 anos foi detido no sábado após uma denúncia de violência doméstica contra a sua companheira, de 44 anos, anunciou hoje a PSP, que apreendeu várias armas no decurso da operação.

Homem detido em Lisboa após denúncia de violência doméstica

Homem detido em Lisboa após denúncia de violência doméstica

Um homem de 45 anos foi detido no sábado após uma denúncia de violência doméstica contra a sua companheira, de 44 anos, anunciou hoje a PSP, que apreendeu várias armas no decurso da operação.

Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP refere que as forças polícias acorreram ao socorro de uma situação de violência doméstica, «onde a vítima do sexo feminino, de 44 anos de idade, no interior da residência, havia sido agredida pelo seu companheiro, indivíduo do sexo masculino, de 45 anos de idade, com quem mantinha uma relação de mais de uma década», refere. Segundo a mesma fonte, a operação foi conduzida pela 2.ª Divisão Policial – Olivais pelas 16h10 de sábado em Marvila.

LEIA DEPOIS
Coronavírus: Avião com os 17 portugueses retirados de Wuhan chega a França às 13h00

Polícias socorreram a mulher e imobilizaram autor de violência doméstica

Os polícias que se deslocaram ao local, acrescenta, «conseguiram socorrer a vítima e imobilizar o agressor» que devido ao «estado alterado e bastante perturbado em que se encontrava, foi conduzido compulsivamente ao Hospital de São José em Lisboa, onde se encontra sob observação médica». No decurso da operação, foram apreendidos vários artigos no interior da habitação do casal, que serão sujeitos a peritagens e análises técnicas «para apurar a sua operacionalidade e legalidade», tendo sido encaminhados para a autoridade judiciária competente. Da lista de objetos, a PSP indica ter encontrado 1.343 munições de vários calibres, 56 revólveres de vários calibres e tipos, 11 espingardas de pressão de ar de cano longo e cano curto, 10 soqueiras, entre outros objetos.

LEIA MAIS
Médicos tailandeses asseguram ter curado uma paciente infetada com coronavírus

Impala Instagram


RELACIONADOS