Deputados do PS em jornadas parlamentares debatem orçamentos do futuro

Deputados do PS em jornadas parlamentares debatem orçamentos do futuro

Os deputados socialistas reúnem-se a partir de hoje, e até domingo, em jornadas parlamentares, no Algarve, para debater os orçamentos do futuro em Portugal, partindo de uma perspetiva de défice zero ou com superavit a partir de 2020.

O tema foi apresentado em conferência de imprensa, na quarta-feira, pelo presidente do Grupo Parlamentar do PS, Carlos César, que encerra as jornadas no domingo, após o primeiro-ministro, António Costa, fazer o seu discurso de fundo no sábado, ao início da tarde, em Portimão.

“Abordaremos a perspetiva dos orçamentos do futuro. É diferente a tarefa de um ministro das Finanças em 2020, quando estiver a fazer, pela primeira vez, um Orçamento com superávite, ou pelo menos, com um Orçamento equilibrado”, declarou Carlos César.

O presidente do Grupo Parlamentar do PS disse que essa tarefa, que se colocará eventualmente a partir de 2020, “é facilitada por um lado, mas exigente do ponto de vista das escolhas para que o caminho seja consolidado e para que o país possa entrar num novo ciclo orçamental, económico e social”.

No sábado ao final da tarde haverá um painel intitulado “os desafios dos próximos orçamentos do Estado”, que será moderado pelo deputado socialista Fernando Anastácio e contará com a participação dos professores universitários Vítor Escária, Eduardo Paz Ferreira e Efigénio Rebelo.

Nos três dias das jornadas, e na sequência das visitas dos deputados, serão contactados os 16 concelhos da região, tendo em vista “reatualizar o conhecimento” sobre a realidade económica e social de cada um dos municípios.

Hoje à tarde, o líder parlamentar do PS irá deslocar-se ao Núcleo Residencial Piscatório Consolidado da Culatra, à ETAR Faro/Olhão e a duas empresas consideradas inovadoras na área das embarcações solares e da biotecnologia marinha.

Nas Jornadas Parlamentares do PS, dedicadas ao tema da dinamização económica, estará ainda em analise a questão da inovação e da transferência do conhecimento, tendo em vista aferir-se o possível impacto dessa realidade na futura estrutura do emprego.

“A Algarve é a região turística por excelência e, por isso, é um pouco espelho ou montra do país no exterior. É uma região que há pelo menos três anos cresce acima da média europeia e da média nacional, regista a menor taxa de desemprego, mas é também uma região que tem problemas e bloqueios. É importante termos a nossa atenção centrada naquilo que ainda falta fazer”, sustentou o líder da bancada socialista.

VAM (PMF) // JPS

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Deputados do PS em jornadas parlamentares debatem orçamentos do futuro

Os deputados socialistas reúnem-se a partir de hoje, e até domingo, em jornadas parlamentares, no Algarve, para debater os orçamentos do futuro em Portugal, partindo de uma perspetiva de défice zero ou com superavit a partir de 2020.