Decreto para o próximo estado de emergência vai prever possibilidade de ensino à distância

O decreto do Presidente da República para o próximo estado de emergência vai prever a possibilidade de ensino à distância, o que é “muito positivo”, disse o presidente do PSD.

Decreto para o próximo estado de emergência vai prever possibilidade de ensino à distância

Decreto para o próximo estado de emergência vai prever possibilidade de ensino à distância

O decreto do Presidente da República para o próximo estado de emergência vai prever a possibilidade de ensino à distância, o que é “muito positivo”, disse o presidente do PSD.

O presidente do PSD, Rui Rio, disse hoje que o decreto do Presidente da República para o próximo estado de emergência vai prever a possibilidade de ensino à distância, aspeto que classificou como “muito positivo”.

“Não vale a pena continuar a fingir, como o Governo disse, que apenas empurrou o ano letivo quinze dias para a frente. O decreto permitirá e muito bem que haja ensino à distância”, afirmou Rio, considerando que as escolas que o puderem fazer – privadas ou públicas – não podem ser prejudicadas.

O presidente do PSD falava aos jornalistas na sede nacional do partido depois de uma audiência, por videoconferência, com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

 

 

LEIA MAIS Covid-19: Reino Unido regista mais 1.725 mortes e só desconfina em março

Impala Instagram


RELACIONADOS