Cristas acusa PS de usar Estado como uma “grande casa para acomodar a família”

A líder centrista, Assunção Cristas, apresentou hoje o CDS-PP como a “única escolha possível para quem é de direita” e atacou o PS por pensar que o Estado “é uma grande casa para acomodar a família”.

Cristas acusa PS de usar Estado como uma

Cristas acusa PS de usar Estado como uma “grande casa para acomodar a família”

A líder centrista, Assunção Cristas, apresentou hoje o CDS-PP como a “única escolha possível para quem é de direita” e atacou o PS por pensar que o Estado “é uma grande casa para acomodar a família”.

A acusação foi deixada por Assunção Cristas ao encerrar uma sessão na Gare Marítima da Rocha do Conde de Óbidos, em Lisboa, uma espécie de “estados gerais”, e em que retomou o tema das relações familiares dentro do Governo do PS, de António Costa.

“Rejeitamos uma visão, a que vimos assistindo nestes anos de socialismo, de que o Estado é uma grande casa para acomodar a família. Nós rejeitamos. O Estado não é dos partidos, não pode ser dos partidos e é por isso que nos levantamos por uma alternativa de direita em Portugal”, disse a dirigente, falando para militantes e simpatizantes do partido.

No discurso, Cristas disse e repetiu que “o CDS é a única escolha possível para quem é de direita em Portugal”, repetindo o que já disse antes de que um voto nos centristas não vai para “as mãos do dr. António Costa”, por comparação dom a posição do PSD, liderado por Rui Rio.

NS // ANP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS