Crise/Energia: Partidos do governo de coligação alemão acordam terceiro pacote de ajudas

Os partidos que integram o governo de coligação na Alemanha chegaram hoje a acordo, após várias horas de negociação, sobre um novo pacote de ajudas às famílias para enfrentar a subida da fatura energética e do custo de vida.

Crise/Energia: Partidos do governo de coligação alemão acordam terceiro pacote de ajudas

Crise/Energia: Partidos do governo de coligação alemão acordam terceiro pacote de ajudas

Os partidos que integram o governo de coligação na Alemanha chegaram hoje a acordo, após várias horas de negociação, sobre um novo pacote de ajudas às famílias para enfrentar a subida da fatura energética e do custo de vida.

Trata-se do terceiro pacote de ajuda e o seu conteúdo será apresentado hoje, durante uma conferência de imprensa conjunta do chanceler alemão, Olaf Scholz, e dos líderes dos partidos da coligação, nomeadamente Saskia Esken, pelos sociais-democratas, Omid Nouripour, pelos Verdes, e o ministro das Finanças, Christian Lindner, pelo liberais.

Os dois primeiros pacotes, que totalizam 30 mil milhões de euros, incluíam, entre outros benefícios para os cidadãos, um subsídio de transporte público com bilhetes a nove euros por mês que permitem viajar por toda a Alemanha e um desconto em combustível, limitado a três meses, que terminou em agosto.

Entre as medidas aplicadas contam-se ainda a eliminação da sobretaxa no preço da eletricidade destinada a financiar as energias renováveis e uma bonificação única de 100 euros por criança e energética até 300 euros.

Neste terceiro pacote, os líderes partidários discutiram ajudas específicas direcionadas para as pessoas de menores rendimentos, especialmente aposentados e estudantes, redução de impostos e um eventual sucessor do bilhete de nove euros para os transportes locais.

Após algumas semanas de discussão, as negociações começaram este sábado tendo nelas participado, além do chanceler Olaf Scholz e do ministro as Finanças, o vice-chanceler e ministro da Economia, o verde Robert Habeck, bem como outros ministros e os líderes os três partidos.

“Está feito. Resultado muito bom. Mais detalhes a partir das 11:00 (10:00 em Lisboa) numa conferência de imprensa conjunta”, anunciou, através do Twitter, o ministro da Justiça, o liberal Marco Buschmann.

LT // JPS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS