Covid-19: Serviços públicos sem marcação prévia a partir de 01 de setembro

Os serviços públicos, como as lojas do cidadão, passam a funcionar sem marcação prévia a partir de 01 de setembro.

Covid-19: Serviços públicos sem marcação prévia a partir de 01 de setembro

Covid-19: Serviços públicos sem marcação prévia a partir de 01 de setembro

Os serviços públicos, como as lojas do cidadão, passam a funcionar sem marcação prévia a partir de 01 de setembro.

Os serviços públicos, como as lojas do cidadão, passam a funcionar sem marcação prévia a partir de 01 de setembro, segundo as novas restrições no âmbito da covid-19 aprovadas hoje em Conselho de Ministros.

A medida foi anunciada pela ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, primeira-ministra em exercício durante as férias do primeiro-ministro, António Costa, no final da reunião do Conselho Ministros extraordinário.

Mariana Vieira da Silva afirmou que “os serviços públicos, no caso das lojas do cidadão onde ainda só funcionavam a partir de marcação prévia, a partir de dia 01 de setembro, e nos termos já anunciados nesta semana, passam a funcionar sem marcação prévia”.

Segundo a ministra, esta medida integra a segunda fase do desconfinamento, por se ter atingido os 70% da população vacinada contra a covid-19 no dia 18 de agosto.

A maioria das medidas anunciadas para a segunda fase do desconfinamento entra em vigor na segunda-feira.

LEIA AINDA
Luís Filipe Vieira ouvido na comissão parlamentar de inquérito ao Novo Banco
Luís Filipe Vieira assume que «não tem dinheiro para pagar as dívidas»
Luís Filipe Vieira garante não ter capacidade para pagar ao Novo Banco os 160 milhões de euros que lhe foram emprestados por esta instituição bancária. (… continue a ler aqui)

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS