Covid-19: São Tomé e Príncipe regista mais três casos positivos elevando infeção para 932

São Tomé e Príncipe registou hoje três casos positivos de Covid-19 em 61 testes realizados, elevando a infeção acumulada para 932, indica a porta-voz do Ministério da Saúde, Isabel dos Santos.

Covid-19: São Tomé e Príncipe regista mais três casos positivos elevando infeção para 932

Covid-19: São Tomé e Príncipe regista mais três casos positivos elevando infeção para 932

São Tomé e Príncipe registou hoje três casos positivos de Covid-19 em 61 testes realizados, elevando a infeção acumulada para 932, indica a porta-voz do Ministério da Saúde, Isabel dos Santos.

Segundo a responsável, estes três novos casos aumentam o total de pacientes com o novo coronavírus em isolamento domiciliar para 21, mantendo-se o número de mortes em 15.

As autoridades sanitárias não avançaram as razões dessas três novas contaminações, depois de, nos últimos cinco dias, não se ter registado qualquer caso positivo de Covid-19 em cerca de duas centenas de testes realizadas.

Hoje mesmo, em declarações a jornalistas, o ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Wando Castro, anunciou que o governo prorrogou em mais 30 dias o estado de alerta, justificando a medida com “a constatação de uma pequena variação dos casos positivos do Covid-19 nos últimos dias, em função do aumento de casos importados”.

O executivo que reuniu na quinta-feira o Comité de Crise para analisar a situação da pandemia no país considera que a situação está “controlada”, mas a conjuntura do novo coronavírus a nível internacional obriga o executivo a “manter essa medida de prevenção interna”.

Em África, há 39.403 mortos confirmados em mais de 1,6 milhões de infetados em 55 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

Angola regista 228 óbitos e 7.096 casos, seguindo-se a Guiné Equatorial (83 mortos e 5.068 casos), Cabo Verde (79 mortos e 7.444 casos), Moçambique (73 mortos e 10.392 casos), Guiné-Bissau (41 mortos e 2.389 casos) e São Tomé e Príncipe (15 mortos e 932 casos).

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo número de mortos (mais de 5,1 milhões de casos e 152.460 óbitos), depois dos Estados Unidos.

MYB // PJA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS