Covid-19: Reino Unido registou 143 mortes, valor mais alto desde junho

O Reino Unido registou 143 mortes, o valor diário mais alto desde o início de junho, e 17.234 novas infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde britânico.

Covid-19: Reino Unido registou 143 mortes, valor mais alto desde junho

Covid-19: Reino Unido registou 143 mortes, valor mais alto desde junho

O Reino Unido registou 143 mortes, o valor diário mais alto desde o início de junho, e 17.234 novas infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde britânico.

Na segunda-feira tinham sido registados 50 mortes e 13.972 novos casos, mas os números do fim de semana são frequentemente mais baixos do que a média devido ao atraso no processamento dos dados. 

O total acumulado desde o início da pandemia de covid-19 no Reino Unido é agora de 634.920 casos de infeção confirmados e de 43.018 óbitos registados num período de 28 dias após as vítimas terem recebido um teste positivo.  

O governo atualizou também para 57.690 o balanço das mortes que incluem casos suspeitos cujas certidões de óbito fazem referência ao covid-19, mas que cujas vítimas não foram testadas ao novo coronavírus. 

Este acentuar da mortalidade vem dar razão aos assessores médicos e científicos do governo, que avisaram que o aumento exponencial de infeções que se tem vindo a registar teria impacto no aumento das hospitalizações e do número de mortes. 

A diretora médica da Direção Geral da Saúde de Inglaterra, Yvonne Doyle, disse que “a tendência de mortes relacionadas a covid-19 está a começar a aumentar rapidamente, o que é extremamente preocupante”. 

“Temos visto casos a aumentar especialmente em grupos de idade mais avançada, o que está a levar a mais internamentos hospitalares”, acrescentou.

De acordo com os dados do governo, na segunda-feira estavam internados nos hospitais pelo menos 4.500 pacientes com covid-19, dos quais 507 com necessidade de assistência respiratória por ventilador. 

O parlamento britânico vota hoje um novo sistema de três níveis de restrições para travar a pandemia covid-19 apresentado na segunda-feira, que coloca a cidade de Liverpool na categoria de maior risco, forçando ‘pubs’ e bares a encerrar para reduzir o contacto social.

O segundo nível mais alto reflete muitas das restrições locais atuais em vigor em partes do norte e centro de Inglaterra, nomeadamente a interdição de socializar em espaços fechados, mas permite ajuntamentos de até seis pessoas ao ar livre.  

O nível médio, que é também o mais baixo dos três, abrange atualmente a maior parte do país onde se aplicam as medidas nacionais, nomeadamente o limite de grupos até seis pessoas em espaços fechados ou abertos, e o encerramento de bares e restaurantes às 22:00 horas.

Porém, assessores médicos e científicos admitem a necessidade de medidas mais duras a nível nacional para travar a transmissão do vírus. 

BM // EL

Lusa/fim 

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS