Covid-19: Reino Unido com 376 mortes e 27 mil novas infeções

O Reino Unido registou 27.301 novas infeções e 376 mortes de covid-19 nas últimas 24 horas, quedas de 18% e 33%, respetivamente.

Covid-19: Reino Unido com 376 mortes e 27 mil novas infeções

Covid-19: Reino Unido com 376 mortes e 27 mil novas infeções

O Reino Unido registou 27.301 novas infeções e 376 mortes de covid-19 nas últimas 24 horas, quedas de 18% e 33%, respetivamente.

Londres, 13 nov 2020 (Lusa) – O Reino Unido registou 27.301 novas infeções e 376 mortes de covid-19 nas últimas 24 horas, quedas de 18% e 33%, respetivamente, anunciou hoje o Ministério da Saúde britânico.

Na quarta-feira tinham sido registados 33.470 novos casos, um recorde desde o início da pandemia, e 563 mortes, novo máximo desta segunda vaga.

Porém, as autoridades têm evitado fazer análises às variações diárias, pois podem ser afetadas pelo processamento administrativo de dados. 

Uma medida mais eficaz é observar a tendência dos últimos sete dias, quando foram registados 171.012 casos (24.430 por dia) e 2.829 mortes (404 por dia), aumentos de 9% e 26%, respetivamente, face aos sete dias anteriores.    

O total acumulado desde o início da pandemia de covid-19 no Reino Unido é agora de 1.317.496 contágios confirmados e de 51.304 óbitos registados num período de 28 dias após as vítimas terem recebido um teste positivo.

Segundo os últimos dados do governo, divulgados na quinta-feira, estão hospitalizados 14.196 pacientes com covid-19, dos 1.219 ligados a ventilador. 

Na atualização publicada hoje pelo governo, o índice de transmissibilidade efetivo (Rt) desceu ligeiramente para entre 1 e 1,2.

Para que o número de casos diminua, o índice deve cair para menos de 1, pois quando está acima a pandemia cresce exponencialmente.

De acordo com a análise do Grupo de Aconselhamento Científico para Emergências [SAGE] do governo, “embora exista alguma evidência de que a taxa de crescimento em algumas partes do país pode estar a diminuir, os níveis de doença são muito altos nessas áreas”. 

Consequentemente, avisam os cientistas, vão continuar a registar-se níveis significativos de hospitalizações e de mortes até que o Rt seja reduzido e permaneça abaixo de 1 por um período de tempo longo.

Inglaterra encontra-se atualmente a cumprir a segunda de quatro semanas de confinamento nacional, e a Irlanda do Norte decidiu prolongar o confinamento temporário iniciado em meados de outubro. 

A Escócia mantém um sistema de restrições aplicado regionalmente de acordo com o nível de infeções, enquanto o País de Gales terminou na semana passada um confinamento de duas semanas, invocando sinais de que os contágios desaceleram. 

 

BM // EL

Lusa/fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS