Covid-19: Pelo menos 12 cabo-verdianos já morreram fora do país – Governo

Pelo menos 12 cabo-verdianos morreram nas últimas semanas vítimas de covid-19 fora do país, de acordo com um levantamento hoje divulgado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros e Comunidades de Cabo Verde.

Covid-19: Pelo menos 12 cabo-verdianos já morreram fora do país - Governo

Covid-19: Pelo menos 12 cabo-verdianos já morreram fora do país – Governo

Pelo menos 12 cabo-verdianos morreram nas últimas semanas vítimas de covid-19 fora do país, de acordo com um levantamento hoje divulgado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros e Comunidades de Cabo Verde.

Em comunicado, aquele ministério refere que está a acompanhar “com preocupação a evolução da pandemia” de covid-19 “e o seu impacto nos diferentes países de acolhimento de comunidades cabo-verdianas”, as quais “vêm sofrendo as consequências inevitáveis da complexa e imprevisível situação sanitária, económica e social a que se assiste ao nível global”.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros e Comunidades refere que “regista com pesar” os casos de falecimento ocorridos nas comunidades cabo-verdianas em França (2), Holanda (4), Portugal (1), Espanha (1) e nos Estados Unidas da América (4), manifestando a “total solidariedade diante da perda dos seus entes queridos”.

Acrescenta que a situação está a ser acompanhada por embaixadas, consulados de carreira e consulados honorários de Cabo Verde, “que continuam a trabalhar em estreita colaboração com as associações cabo-verdianas nesses países”.

“Aos cabo-verdianos infetados e em tratamento vão os votos de que tenham uma rápida e completa recuperação, mantendo firme a esperança no regresso ao convívio com os seus familiares e amigos”, conclui o comunicado.

O arquipélago de Cabo Verde acolhe cerca de 600 mil pessoas, estimando-se que a comunidade cabo-verdiana na diáspora, sobretudo nos Estados Unidos e na Europa, ronde um milhão de pessoas.

Cabo Verde mantém sete casos confirmados de covid-19, provocada por um novo coronavírus, entre as ilhas da Boa Vista (4), de Santiago (2) e São Vicente (1). Um desses casos, um cidadão inglês, de 62 anos, acabou por morrer.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,5 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 94 mil.

PVJ // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS