Covid-19: Número de mortes em África sobe 266 para 25.884

O número de mortes em África devido à pandemia de covid-19 subiu para 25.884, mais 266 face a segunda-feira, e as infeções aumentaram para 1.128.245, mais 9.431.

Covid-19: Número de mortes em África sobe 266 para 25.884

Covid-19: Número de mortes em África sobe 266 para 25.884

O número de mortes em África devido à pandemia de covid-19 subiu para 25.884, mais 266 face a segunda-feira, e as infeções aumentaram para 1.128.245, mais 9.431.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), que reúne os dados mais recentes dos relatórios oficiais dos 55 países-membros desta organização, o número de recuperações chegou às 846.330, ou seja, mais 12.068 pessoas face aos recuperados registados na segunda-feira.

O maior número de casos e de mortos de covid-19 continua a registar-se na África Austral, com 625.499 infetados e 12.792 vítimas mortais.

Nesta região, a África do Sul, o país mais afetado do continente, contabiliza 589.886 doentes infetados e 11.982 mortos.

O norte de África, a segunda zona mais afetada pela pandemia, tem agora 197.101 pessoas infetadas e 7.592 mortos e na África Ocidental o número de casos subiu para 148.826 e o de vítimas mortais para 2.231.

Na região da África Oriental, o número de casos de covid-19 é hoje de 104.878 e 2.260 mortos e na África Central são contabilizados hoje 51.941 casos de infeção e 1.009 óbitos.

O Egito é o segundo país com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, contabilizando 96.590 infetados e 5.173 óbitos, seguindo-se a Argélia, que conta hoje com 39.649 casos e 1.366 vítimas mortais.

Entre os cinco países mais afetados, estão também a Nigéria, que regista 49.485 infetados e 977 óbitos, e o Sudão, com 12.410 casos e 803 vítimas mortais.

Entre os países africanos lusófonos, Cabo Verde lidera em número de casos (tem hoje 3.203 casos e 36 mortos), seguindo-se Moçambique (2.914 casos e 19 mortos), Guiné-Bissau (2.149 casos e 33 mortos), Angola (1.935 infetados e 88 mortos) e São Tomé e Príncipe (885 casos e 15 mortos).

A Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), tem 4.821 infetados e 83 óbitos, um número que se mantém constante há várias semanas.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito em 14 de fevereiro e a Nigéria foi o primeiro país da África Subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 770.429 mortos e infetou mais de 21,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

MBA // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS