Covid-19: Mais 19 infeções e quatro recuperações em São Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe registou 19 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e quatro recuperações nas últimas 24 horas, elevando o total de infetados desde o início da pandemia para 2.627, anunciaram hoje as autoridades do país.

Covid-19: Mais 19 infeções e quatro recuperações em São Tomé e Príncipe

Covid-19: Mais 19 infeções e quatro recuperações em São Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe registou 19 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e quatro recuperações nas últimas 24 horas, elevando o total de infetados desde o início da pandemia para 2.627, anunciaram hoje as autoridades do país.

De acordo com o boletim divulgado pelo Ministério da Saúde de São Tomé e Príncipe, o país não registou qualquer morte nas últimas 24 horas.

O documento esclarece que as novas infeções foram registadas na ilha de São Tomé.

Com os dados mais recentes, o arquipélago conta agora com 2.627 casos de infeção pelo novo coronavírus desde o início da pandemia, entre os quais 37 óbitos e 2.432 recuperações da doença.

O arquipélago lusófono conta ainda, oficialmente, com 158 casos sob vigilância, dos quais 157 na ilha de São Tomé e um na ilha do Príncipe.

Destes, 157 encontram-se em isolamento domiciliar — um na ilha do Príncipe — e um paciente, na ilha de São Tomé, está internado.

Na terça-feira, o executivo são-tomense anunciou que iria manter o estado de alerta durante este mês devido ao “crescimento acentuado de casos” de covid-19 nas últimas semanas — atribuído ao período de férias e à campanha eleitoral.

Desde o início da pandemia, África somou mais de 7,78 milhões de infeções, entre as quais mais de 196 mil mortes, de acordo com dados de organizações continentais.

A covid-19 provocou pelo menos 4.518.163 mortes em todo o mundo, entre mais de 217,63 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

JYO // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS