Covid-19: Futebol e futsal param na Madeira devido a medidas do Governo Regional

A Associação de Futebol da Madeira anunciou hoje que as competições regionais de futebol e futsal estão suspensas “para que os clubes se possam preparar para o cumprimento das regras” impostas pelo Governo Regional de combate à covid-19.

Covid-19: Futebol e futsal param na Madeira devido a medidas do Governo Regional

Covid-19: Futebol e futsal param na Madeira devido a medidas do Governo Regional

A Associação de Futebol da Madeira anunciou hoje que as competições regionais de futebol e futsal estão suspensas “para que os clubes se possam preparar para o cumprimento das regras” impostas pelo Governo Regional de combate à covid-19.

 “A Direção da Associação de Futebol da Madeira (AFM), por motivos de força maior, nomeadamente, pela deliberação do Governo Regional, relacionada com a covid-19, determina que sejam suspensas todas as competições regionais de Futebol e Futsal (Masculino/Feminino), calendarizadas para os dias 20 e 21 de novembro de 2021”, referiu a entidade com a tutela do futebol no arquipélago.

 A mesma nota dá conta que a decisão foi tomada “de forma a que os clubes filiados se possam preparar convenientemente para o cumprimento integral das regras definidas”, já que os atletas deverão ser todos vacinados e testados para poderem praticar as referidas modalidades.

 A medida faz parte de um conjunto de novas restrições para contenção da covid-19 na Madeira, anunciadas na quinta-feira em videoconferência pelo presidente do Governo Regional (PSD/CDS-PP), quando o arquipélago, com cerca de 251 mil habitantes, sinaliza 452 casos ativos de covid-19, num total de 12.804 confirmados desde o início da pandemia, e 84 óbitos associados à doença.

 “Para exercer ou frequentar atividades ou eventos no setor público e privado — desporto, restaurantes, hotéis, cabeleireiros, ginásios, bares e discotecas, [recintos] culturais, cinemas, atividades noturnas, jogos, casinos e outras atividades sociais similares — devem estar vacinados e testados, com teste rápido antigénio, com periodicidade semanal”, explicou o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque.

 A covid-19 provocou pelo menos 5.130.627 mortes em todo o mundo, entre mais de 255,49 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

 Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.300 pessoas e foram contabilizados 1.117.451 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

 

SFYR (DC)// AMG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS