Covid-19: Espanha prolonga restrições para voos que cheguem do Brasil e da África do Sul

O Governo espanhol prolongou até 27 de abril as restrições em vigor aos voos provenientes do Brasil e da África do Sul, podendo apenas aterrar no país aviões com espanhóis ou residentes e também com passageiros em trânsito internacional.

Covid-19: Espanha prolonga restrições para voos que cheguem do Brasil e da África do Sul

Covid-19: Espanha prolonga restrições para voos que cheguem do Brasil e da África do Sul

O Governo espanhol prolongou até 27 de abril as restrições em vigor aos voos provenientes do Brasil e da África do Sul, podendo apenas aterrar no país aviões com espanhóis ou residentes e também com passageiros em trânsito internacional.

O Governo espanhol prolongou até 27 de abril as restrições em vigor aos voos provenientes do Brasil e da África do Sul, podendo apenas aterrar no país aviões com espanhóis ou residentes e também com passageiros em trânsito internacional.

Os ministérios da Saúde e dos Transportes espanhóis recordaram numa declaração que esta é a quinta extensão da decisão tomada inicialmente em 02 de fevereiro último, que estabeleceu medidas excecionais para limitar a propagação e o contágio da covid-19, através da limitação dos voos com estes dois países.

Estas restrições não afetam o pessoal aeronáutico necessário para levar a cabo atividades de transporte aéreo.

Estão ainda previstas outras isenções, como os voos de aviões do Estado, serviços de busca e salvamento, voos com escala em território espanhol para fins não comerciais e com destino final noutro país, voos exclusivos de carga, voos humanitários, médicos ou de emergência.

Madrid acredita que “embora seja verdade” que o risco de importação de casos do Brasil e da África do Sul pode ser reduzido graças às medidas de controlo sanitário aplicados à chegada a Espanha, “isto não impede que se continuem a tomar precauções extremas contra a potencial propagação das variantes brasileiras e sul-africanas”.

O executivo espanhol recorda que, dependendo da evolução da pandemia e das decisões que podem ser tomadas de forma coordenada pela União Europeia, o Ministério da Saúde pode levantar, por razões devidamente justificadas, estas limitações.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.862.002 mortos no mundo, resultantes de mais de 131,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.887 pessoas dos 824.368 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS